Fiscalização e interdição

O Procon-AP, junto com a secretaria de Saúde de Macapá, Vigilância Sanitária e Conselho Regional de Educação Física (Cref/AP) realizaram ontem uma ação de fiscalização nas academias de Macapá para verificar as condições higiênico-sanitárias, aparelhos e equipamentos, valores cobrados na mensalidade, Alvará de Funcionamento e para verificar se havia profissionais não capacitados, trabalhando como instrutor.

Duas academias foram notificadas e uma foi interditada por não possuir condições higiênico-sanitárias necessárias e exigidas

academia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *