Firenze: registros e Dicas

A encantadora Toscana

Fizemos a viagem de Roma a Florença de Trem. O percurso é de paisagens deslumbrantes. Ficamos hospedados no hotel Wadorf Suítes, próximo a rodoviária e de onde era possível ir a pé aos principais lugares. Aliás, uma coisa que acertamos nessa viagem foram os hotéis. Todos com ótima localização. Dica da irmã do amigo de viagem, que tinha ido dois meses antes de nós.

Paisagem da janela do Trem. Roma/Florença

Florença, a capital da Toscana, é pura arte. Uma cidade das artes. Afinal, Florença é o berço do Renascimento. A cidade é linda e alegre. As ruas enfeitadas com bandeiras colorem a arquitetura de muitos séculos.  E tem réplicas perfeitas da Estátua de Davi, de Michelangelo, por todo lugar. A original fica na Galleria Della Academia.

Arte na rua

Para visitar os pontos turísticos, mesma dica das outras cidades européias. O ônibus de turismo Citysight, descendo nos pontos que de turismo que tem mais interesse.

Vale a pena fazer o tour pela região da Toscana, e conhecer as cidades de Pisa, San Gimignano, Sienna e pela vinhas de produção dos vinhos Chianti, um dos melhores do mundo. Pisa é sem comentários. Tem que ir lá segurar a torre (sim, pague esse mico). San Gimignano é uma linda cidade medieval, que eu adorei, e onde tem o gelatto eleito como o melhor do mundo.

 

A bela e medieval San Gimignano

Deliciosos os gelattos

Para as comprinhas – Florença tem a maioria das grandes e chiques griffes mundiais. E também tem ótimos mercados de artesanato e produtos em lã e couro. A Ponte Vecchia, um dos principais pontos turísticos, é cheia de lojinhas e de muitas joalherias com jóias a ótimos preços.

Mercado de Artesanato

A gastronomia é sem nota. Tudo “à Fiorentina” é bom. Destaque para a Bisteca à Fiorentina, dica do amigo Yashá Gallazzi. A da foto é do restaurante Sabastini, sugerido pelo amigo Thiago Assis, que visita este blog. O restaurante nota 10 é do tio dele.

 

Dicas legais:

Ande a pé. Florença não é uma cidade grande. Ficando em boa localização, é possível ver os pontos principais em passeios a pé.

Se for voltar direto da Itália, encha a mala com massas, temperos e vinhos.

Bem. Acho que escrevi sobre o que mais lembrei. Próxima parada é Veneza, pra onde fomos de trem.

 

 

  • Que lugares lindos! Como eh bom viajar, conhecer novos lugares, culturas, sabores, climas. Pena que existam pessoas que acham que isso eh atraso de vida, dinheiro jogado fora. Volte logo contando mais sobre sua viagem.

  • Turismão – Pra fazer o circuito de turismo todo, tem o ótimo serviço dos ônibus de turismo, aqueles tipos de dois andares, com andar de cima aberto, que tem na Europa inteira. O de Lisboa foi o que achei melhor e mais barato: 25 euros pra passear por dois (2) dias, com internet free, paradas em todos os pontos turísticos de Lisboa e ainda passeio pelo litoral, que é lindo, às cidades de Estoril, Cascaes e Corcovedo. As praias de Portugal são lindas. Mas quando fui estava bem frio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *