Filme Açucena e o Poder da Amazônia. Vale a pena ver

DE VOLTA AS TELAS,

AGORA NO TEATRO DAS BACABEIRAS

11 de outubro de 2011 – às 20h

RELEASE

O drama, de autoria e dirigido pelo jovem amapaense André Araújo Quaresma de apenas dezoito anos de idade, apresenta a sociedade uma produção amadora, independente, que chama atenção pelo roteiro, fotografia, criatividade e busca pelo perfeccionismo das lentes e cenas.

O filme foi exibido em junho no Museu Sacaca e lotou as duas sessões oferecidas. Contou com a presença de público de diversas idades, entre familiares, amigos, apaixonados por cinema, autoridades e artistas como Amadeu Cavalcante. Teve grande repercussão na mídia e na sociedade. Agora está de volta ao público, no Teatro das Bacabeiras.

Filmado inteiramente em Macapá e na localidade de Tessalônica – BR-210, Km 40 –, com recursos tecnológicos mesmo que precários, traz no roteiro a estória de uma bióloga – Célia kannes –, contratada pelo governo para trabalhar na descoberta de um poderoso soro na floresta amazônica, para um possível tratamento revolucionário que poderá salvar milhares de vidas. Acaba, porém, por atrair o interesse e a atenção de uma outra bióloga, ex-colega de faculdade – Leona Novaes –, que não mede esforços para se apoderar dessa descoberta e transformar, por surpresa inesperada, a vida da filha de sete anos da Célia Kannes – Celine – que se perde na floresta, ao fugir. A pequena Celine é encontrada por duas índias: Lua e Mel, com quem terá uma linda amizade recheada de amor e inveja.

Segundo o autor, André Araújo, o filme mostra que a inveja aliada a ambição pelo poder, pode se transformar em uma grande tragédia.

A estória, genuinamente amapaense, é o primeiro longa-metragem produzido no Amapá, e promete emocionar o público do início ao fim, em uma hora e trinta minutos de duração.

Revoluciona a atuação e a produção cinematográfica no Amapá, por amapaenses, motiva jovens e adultos, atrai interesses de públicos diversos numa era em que as tecnologias possibilitam maior manipulação de imagens e vídeos. Mostra que o povo amapaense tem potencial criativo para desenvolver-se na arte cinematográfica e concorrer a prêmios em circuitos regionais e nacionais de mostras de cinema.

É o Amapá na era das grandes produções criativas na arte cinematográfica.

Autor / Diretor: André Edson de Araújo Quaresma

Gênero: Drama / Aventura

Duração: 1h30

 

  • Assisti ao filme. Vale a pena. É motivador saber que jovens talentosos do Amapá encontram soluções baratas dentre as tecnologias alcançaveis para produzir filmes com roteiros originais, com lentes mágicas.

  • Odorei o filme Açucena. Muito me surpreendeu por ser amador com excelente qualidade fotografica, e a estoria de grande imaginação do autor muito me chamou a atenção pelo roteiro criativo, VALE A PENA VER DE NOVO.

    • O filme já foi lançado em dvd e você poderá encontra-lo na casa do artesão em Macapá ou se fora do estado o valor é R$20,00+ frete.este imail é o mesmo das outras redes sociais que tenho.Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *