Faz-de-conta

Por Ruy Smith

O Ministério Público Estadual promoveu, na última quinta feira, reunião com deputados da Comissão de Educação, para expor os resultados das investigações sobre irregularidades detectadas em licitações e contratos de vigilância da SEED. O resultado do trabalho aponta para fraudes que somam R$ 200 milhões do erário da educação do Amapá, indicando como principal responsável o atual secretário da pasta, Adauto Bittencourt.

É necessário dizer que subscrevi a representação inicial ao MPE, como membro da Comissão de Educação da Assembléia, presidida pelo deputado Moises Souza, mentor da denúncia. Ainda, acompanhei  Randolfe Rodrigues, presidente do PSOL do Amapá, ao mesmo Ministério Público, quando entregamos a famosa fita de vídeo ao Procurador Geral Iacy Pelaes, por iniciativa do referido partido. A fita é pedagógica (perdoem o uso do termo, mestres) sobre as falcatruas objetos da investigação ministerial, falando das propinas, dos engendrados esquemas de burlar licitações e dos beneficiários ilegítimos.

Ao contrário dos supostos autores das peripécias criminosas, quiçá crentes da falência da instituição, daí o sentimento amplo e irrestrito de impunidade, apostamos no ideário republicano que norteia o MPE e na sua condição de fiador do princípio da moralidade da coisa pública. O resultado estamos assistindo agora, protagonizado por um MP que soube transpor as conveniências e os interesses menores, exercício próprio e diário de todo detentor de poder.  Aplausos ao MP. Todo poder emana do povo, e em seu nome será exercido.

É preciso avançar, entretanto. Fortalecer a causa demanda arregimentar apoios. Quem mais, além da Comissão de Educação, do MPE e da OAB (já aderente) teriam interesse precípuo em garantir o bom uso do dinheiro da educação? O SINSEPEAP, claro! O Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá, presidido pelo professor Aildo Silva, é a primeira organização social que deveria estar no front , pois congrega os interesses de mais de 12 mil profissionais da educação do Amapá, soldados de primeira hora dessa luta. Aildo sabe que está devendo, pois ainda não deu um tiro sequer contra as hostes dos inimigos da educação pública apontados pelo MPE. Será que é receio do fogo amigo?

Procuro no site do sindicato (http://www.sinsepeap.org.br/portal/index.php) e não há qualquer menção ao caso; o mesmo ocorre no twitter  (http://twitter.com/SINSEPEAP); muito menos no blog (http://www.sinsepeap.org.br/portal/blog.php). Estranho, penso eu! Notório que a mídia local, a exceção de blogs e sites da imprensa livre e outros raros noticiários da grande imprensa, não mencionou nada sobre o escândalo, mas essa pode até argüir que tudo é uma mera questão comercial, …  mas o SINSEPEAP não.

Cadê o valoroso SINSEPEAP, aquele que em glorioso passado se insurgiu contra os atos perpetrados em desfavor da categoria, da escola, dos alunos, da educação pública? Um sindicato engajado na defesa da gestão democrática nas escolas há de perceber que não há nada mais democrático na educação pública do que buscar garantir que o dinheiro seja gerido com honestidade, produzindo os efeitos esperados!

É pública a parceria política que Aildo Silva mantém com o atual gestor dos recursos da educação. Em 2008, Adauto empenhou-se  na reeleição do presidente do SINSEPEAP, articulando o apoio de todos os diretores e outros detentores de cargos em escolas, para o seu preferido. É fato, também, que a proximidade do presidente do sindicato com o patrão não auferiu melhorias significativas para a categoria, nem para a educação como um todo. Apesar da linguagem sofista empregada na defesa do plano de cargos e salários “presenteado” pelo atual governo estadual, os profissionais da educação têm hoje um poder aquisitivo menor que em 2002, e a categoria caiu no ranking nacional de melhores salários do setor em pelo menos 12 posições; a falta de merenda nas escolas é uma constante; o recurso para manutenção das unidades atrasa até 6 meses; o uso de contratos administrativos como estratégia eleitoral é explícito.

Mas, independente das relações políticas criadas e cultivadas com o patrão, não pode o professor Aildo Silva negar que sabia das pretensas irregularidades ocorridas na SEED, visto que o próprio presidente do PSOL, Randolfe, ao entregar a fita denúncia ao MPE, também o fez em relação ao SINSEPEAP, acompanhada de correspondência endereçada àquele presidente. Se ainda assim, como argumento pela inoperância da direção do sindicato em mobilizar-se contra o anunciado desatino, na ocasião Aildo lançasse mão da tese de que a questão era oportunismo da oposição, agora não cabe mais escamotear a realidade. O MPE investigou durante 8 meses e precisa ser apoiado em suas convicções. Todos que são favoráveis a educação pública têm a obrigação de fazê-lo, sem que isso signifique montar um tribunal de exceção para o julgamento sumário dos envolvidos.   Ou o SINSEPEAP vai esperar que a justiça sentencie para posicionar-se? Ou mesmo nem isso? A luta sindical por uma educação de qualidade não admite o faz-de-conta, Silva!

Ruy Smith é Deputado Estadual e Engenheiro

  • E novamente o SINSEPEAP cal-se diante de tamanha corrupçao!!! (Waldez) ops, talvez seja porque harmoniosamente falando, deve ter alguns rabos presos…até hj nao saiu a homologaçao dos professores do concurso de 2005… e este mes quem está pagando os funcionários públicos LITERALMENTE é o Banco do
    Brasil pois o Goesvernador nao tem dinheiro em caixa…os empresários que apoiam esta patifaria devem ficar de olhos bem abertos, pois se atrasar o salário do funcionalismo a maioria dos empresários fecha a porta!!!!!

  • Não é só a Imprensa Jabazeira que se cala, assim como na época do Capiroto, o Sinsepeap em sua maioria da diretoria, pra ficar calado tem cargo no Desgóesverno ou o parente tem, então que os associados que se explodam!!é isso mesmo “tô nem ai”!

  • E aquele Fofinho que se diz “Oposicão”(lucas Barreto),não vai se manifestar.Porra cara roubaram R$ 200 milhões da educação.

    • HARMONIA, NÃO ESPERE POR ISSO…LUCAS BARRETO NA ÉPOCA DE DEP NA AL, ERA LÍDER DO GOVERNO E PRINCIPAL ARTICULADOR DO GOV NAQUELA CASA…TU NÃO ACHAS QUE O HOMEM NÃO GANHA UMA CASQUINA ATÉ HOJE DO PAPAI GOVERNO.

  • Na Casa da Pizza, tem uma pizza maravilhosa de camarão rosa chamada de Marajoara. É assim que as coisas terminam por aqui. Logo cai no esquecimento e fica por isso mesmo. É sempre assim.

  • O que é noticia os Jabazeiros não falam,o que é obrigação eles ficam repetindo o dia todo, tipo:Pagamento dos funcionários(obrigação),policiamento nos bairros(obrigação).Aqui em Sucupira acabou-se tudo,roubaram todo o dinheiro o buraco é muito grande,faltando um mês para o Pinóquio ir embrora ele deixa o caixa do governo zerado.Nenhum fornecedor recebe,todos os reparos que ele chama de obra parado,o dinheiro não dá para pagar todos os funcionários,não tem telefone,não tem combustível,não tem internet,não tem medicamentos,não tem diárias,não tem plantões,não TFD,não tem vergonha,não tem moral,não tem dignidade,não tem esperança.SÓ TEM CORRUPÇÃO.

    • DA SÉRIE SER CAPIROTO É:
      -Contar os dias, as horas os minutos, os segundos e os milésimos de segundos que faltam para Waldez Góes deixar o governo, idem para o prefeito de Macapá Roberto Góes

  • interessante a questao salarial citada. o mesmo acontece com policiais e bombeiros, que antes de 2002 tinham uns dos 3 ou melhores salarios do brasil, despencou em 8 anos umas 11 posicoes… culpa do governo corrupto que nao reajusta muito menos aumenta os salarios dos funcionarios publicos…

  • Em 2002 o Salário dos Professores do Amapá,era o 4º maior do Brasil.Hoje é o 9º e o presidente do Sindicato dos Professores, que recebe os agrados da turma da bandalheira,prefere ficar calado.

  • Esperar o que de um presidente que torra todos os recursos que entram no Caixa do Sinsepeap, (aproximadamente R$120 mil mês)que se elegeu vergonhosamente utilizando a Máquina do GEA, que administra o sindicato como se fora a cozinha de sua casa; que acabou com a proporcionalidade na composição da administração; que constrói o muro da sede campestre por R$380.000,00; que desde 2008 não presta conta; que há mais de dez anos está atrelado a administração do sindicato; o cara está se achando e a base que se dane;;;;

  • E seguem as propagandas do governo sobre educação. A última é dizer que estudar em escola pública, garantiu o primeiro lugar em cursos no vestibular da Unifap.

  • Pô, Aildo, não é que o deputado Rui tá certo, mesmo. Tú já devia ter botado a boca no trombone, cara. Afinal tú és ou não o presidente do sindicato dos professores? A não ser que tú estejas pensando assim: eu não tô nem aí, porque os 200 milhões foram roubados dos alunos e não dos professores. Mas olha, mesmo assim, rapaz, tú tem que reagir pra fazer de conta que tú defende mesmo a educação. Vou te dar uma ideia, faz uma assembléia geral prá discutir o assunto, tirar uma posição sobre essa mexilhagem do teu parceiro. avisa isso pro Adauto e pro Waldez e diz prá eles não se preucuparem porque o teu pessoal vai votar contra mesmo qualquer iniciativa de protesto do sindicato. Agora isso prá tí é bom, mermão, porque pelo menos tú vai dividir a responsabilidade da omissão com o resto da turma do sinsepeap. E olha, parceiro, não usa de novo aquele negócio de eleição prá diretor de escola porque não vai dar pé, essa tú já usou da vez que o deputado Moises denunciou que tinha a fita. Se tú fizer isso de novo vão acabar desconfiando de tí também. Mas o certo´é que tú tem que te mexer, macho. Me diz, tú já viu caça ficar parada no mato esperando o caçador? Então, tú não pode dizer que o MP é mentiroso, não pode fazer uma passeata de desagravo ao Adauto, não pode renunciar porque vai lá que dê uma diferençazinha no caixa do sindicato e tú sabe que esse pessoal faz bronca por qualquer 100 mil, também não pode dizer que o Adauto mexeu porque vai tá cuspindo no prato, nem pode ficar calado porque vai tá dando razão pro deputado cabeludo. Tá vasqueiro, caboco, mas se tú consegue prestar conta dos mais de 1 milhão que a casa arrecada por ano, como é que tú não sai dessa. Olha, faz aquela cara séria que tú sempre faz quando tá perto do Waldez, ou então aquela que tú usa nas reuniões do sindicato, e diz que vai esperar a apuração dos fatos prá depois te pronunciar. Vai que aí tú consegue convencer uns 50, agora prá candidato a deputado não dá mais, macho.

  • Infelizmente os profwssores, alunos, pais de alunos e oa sindicatos da classe são omissos, covardes e/ou atrelados as criminosas e impunes ações desse governo.
    É lamentavel , mas ninguem cobra nada de ninguém ….só a oposição faz isso.
    Na verdade a cultura da corrupção é uma caracteristica que vem predominando nos tempos do governo Waldez, ou seja , se esses imbecis estão se dando bem , então o resto que se dane….
    Triste Amapá !!!

  • Soube no fórum que o MPE ajuizou apenas uma ação de improbidade administraiva, cujas consequências são de natureza político-administrativa (perda dos direitos políticos, do cargo, etc…). Não houve “denúncia” e, por isso, não há ação penal porque isso cabe ao Procurador-Geral já que o Adauto tem foro por prerrogativa de função (o Tribunal de Justiça). Para a ação de improbidade o foro é aqui em baixo. A imprensa tem que cobrar é do Procurador-Geral essa responsabilidade. Seria bom ele se manifestar.

      • Vamos esperar Alcilene, mas não acredito. Lembra que ele não publicou no site do MP nadica de nada sobre o assunto. Tem tanta bobagem lá e isso que é importante nada.

  • O pior de tudo é ver a Instituição de representação do povo (AL)fazer de conta que não sabe de nada…quero saber se o Presidente da AL e sua Cúpula de deputados…já estão tomando medidas cabiveis…Quero lembrar que o Ruy e Camilo são minoria na AL…e o pior de tudo é essa imprensa que engole a noticia, como forma de favorecer algumas pessoas…

  • O professor Aildo fez sempre o msior barulho dizendo que o ex-governador João Capiberibe rasgou o estatuto do magistério. Diz que defende os professores e a educação. E agora, quando o certo era esse dirigente sindical vir a público e exigir a apuração dos fatos e a punição dos envolvidos, ele se cala de uma forma que não dá margem de dúvidas de que lado realmente está. Não é a favor do Capiberibe e não é a favor também da educação, simplesmente está a mando dos chefes Waldez e Adauto, fazendo o trabalho sujo de se omitir em momento tão grave no setor. O presidente está comprado nesse episódio, igual toda a imprensa que fica calada. Vergonha para a categoria

  • Meus amigos do blog,
    Estamos dante de mais um escandalo em nosso Amapá. São poucas as pessoas que cnseguem falar sobre o assunto.
    Agora eu pergunto aonde vamos reclamar?
    – Na Justiça.
    – Na Assembléia Legislativa.
    – Na imprensa.
    – Na Feira do bairro.
    – Na Rua do bairro.
    – Na frente do Palácio.

    Me parece dificil na Assembléia, na Justiça, na imprensa.
    Na frente do Palácio podemos pegar porrada da polícia
    Na Rua, na feira do bairro podemos e isto eu faço todo santo dia, porque ali é lugar do povo que sofre.
    Este governo fez ou faz o quê por nós.
    Qual sua obra que vai deixar para nós a não ser reformas e reformas e guaribagens e ajudar apenas o prefeito de Macapá que dizem ser seu primo.
    Dizem que do Amapá só aparece notícia ruim.
    No Diário Oficial já saiu a licitação da mulher do governador para a eleção 2010, vejam só.
    20 mil cestas básicas.
    10 mil kits habitação.
    15 mil kits bebê.
    É molhe ou quer mais …

  • Rui,
    Não adianta tu chiar. O Lobato matou a pau. Disse na coluna dele que o Adauto disse pra ele que o Pai do Adauto disse pro Adauto, que o Capi e a Raquel pegavam rancho no Armazém São José, que era do pai do Adauto. Daí o Lobato conclui, que o Adauto pode fazer qualquer estripulia no Estado que ninguém pode denunciar muito menos o Camilo. Lobato pro TJAP ou pro lugar do Dr. Honildo no STJ.
    Muleke, impressionadissimo com o as teses lobatianas.

  • Alcinea dá só uma olhada na lista do contrato administrativo, vai na lista de ED. FISICA, está cheio de ex- professores federais, que não precisam e foram favorecidos pela pontuação de maior idade, filhos e tempo de serviço, quanto aos recém formados sem empregos, ficaram de fora,um absurdo verifique é comente conosco. Desse jeito como diminue o indice de desemprego, se quem já tem salário fica no lugar de quem não tem, quando estes tbm tem competencia para a profissão?.

  • Como o presidente do sinsepeap não vai tomar providencias contra o Adautogate a sua oposição vai. já planejaram um panelaço de protesto para daqui uns dias. A maioria dos professores não concorda com o rombo que fizeram na educação desde 2003, SÓ QUEM CONCORDA COM ISSO É A DIRETORIA DO SINDICATO PELEGO. Vão cair as máscaras.

  • Tive uma idéia! Que tal O GOESVERNO, mandar um projeto de iniciativa goesvernamental, para a AL solicitando a criação da UCAP – Universidade do Crime do Amapá. Professor, Mestre e Doutor e que não iria faltar. e o Reitor dá até pra imaginar quem seria, pois tá em vias de ficar desempregado da educação estadual.

  • É Deputado Ruy Smith! Parece que andaram lendo a obra “O princípe” de Maquiavel. A dominação política só é facilmente mantida quando todos os focos de resistência e oposição são controlados. É só o senhor observar o que ocorre com os Sindicatos, Mídias Locais e Associações. Isso ocorre até com a eleição para conselheiro tutelar. Observei recentemente a corrida da Federação de Associação de Bairros pela realização das eleições da diretoria de suas filiadas. Tudo objetiva o pleito eleitoral de 2010.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.