Errolflyn fala ao blog sobre prisão

Dirigente nacional da CUT, fundador do PT-AP e candidato a governador pelo Partido dos Trabalhadores em 2006, Errolflyn Paixão, que teve seu nome divulgado na lista dos que foram em prisão temporária, esclareceu ao blog Repiquete no Meio do Mundo por que foi envolvido na investigação da Operação Voucher, desencadeada na última terça-feira.

Segundo Erroflyn, quando estava cursando a faculdade de Turismo, fundou junto com outros acadêmicos a Coonectur, uma cooperativa de Turismo, onde o presidente era o ex-prefeito de Ferreira Gomes, Wladimir Furtado, que está preso, e ele, Errolflyn, vice-presidente. Diz ele que a cooperativa parou, mas que depois foi informado por Wladimir que a deputada Fátima Pelaes queria colocar emendas na cooperativa e por isso iria reativar. Ele continuou na vice-presidência, mas sem participar de fato da gestão.

Ao ser interrogado pela PF, Errolflyn disse que Wladimir lhe informara que o dinheiro entrava na cooperativa, mas logo “voltava”. Contou tudo o que sabia, e foi logo liberado.

“Sou da direção Nacional da CUT e continuarei na minha luta incansável contra a corrupção”, finalizou Errolflyn.

  • Também essse Vladimir que eu conheço muito bem, quando foi prefeito de FG, só roubo a terra da cidade porque não consegui tirar do chão, mas o que ele roubou não foi brincadeira, muito me admira é que pessoas como ele e outros, consegue as coisas tão rapido com os politicos, e os cidadão que trabalham dignamente não consegue nem ser renumerados pelo o trabalho que fazem.

  • Um presidente da CUT, lutador social como o mesmo esbraveja, não pode ser candidato laranja, como este foi em 2006. A candidatura mais ridicula de um governador na historia do Amapá. Agora este foi preso! vamos esperar?

  • Muita calma nessa hora!! Apesar de achar importante essas operações onde pela primeira vez vejo que a Polícia Federal-PF tem cumprido seu papel constitucional, penso que há muita coisa que servem só pra encher linguiça noticiais e antecipar condenações. Não conheço Errolflyn, mas ao que parece ele não foi preso e sim conduzido coersetivamente (acho que é assim que se escreve!) pra prestar esclarecimentos, tanto que os presos estão no IAPEN e ele não. Lembram do caso da funcionária de Brasília-DF que foi conduzida pra Macapá e depois que nada foi provado sobre seu envolvimento em uma dessas operações da PF, foi abandonada aqui e só voltou pro DF pela caridade de amapaenses que nem a conheciam (e ainda perdeu seu emprego mesmo depois de tudo esclarecido).

    Tenho preocupação como a forma com que alguns se manifestam sobre essas operações e sobre o conceito que fazem sobre pessoas que são chamadas a depor na PF. Muitos são condenados antes mesmo de provado envolvimento com as faucatruas. E sempre bom lembrar que há muito os seres humanos não são elementos isolados, pois pessoas são elos de uma corrente formada de outras pessoas, são muitas das vezes pais e mães de famílias e tem sentimentos como assim todos nós.

    Quero todos os corruptos sejam desmascarrados, mas que o “joio seja separado do trigo”. A liberdade de expressão nunca deve estar acima da dignidade humana.

    Vamos aguardar os próximos capítulos…

  • Pois é,o amigo fala que o dinheiro vinha e “VOLTAVA”, mas voltava pra onde? Faltou esse esclarecimento, será que ele falou isso para os “puliças”. O povo quer saber…

  • Esta empresa Conectur recebeu tbem da Deputada Fátima Pelaes emenda parlamentar no valor aproximado de um milhão de reais para desenvolver em todo o Estado o inventário turístico. O trabalho foi desenvolvido de forma amadora e por “inventariantes” que não sabiam escrever turismo com s ou z. O resultado do trabalho foi questionado por várias entidades representativas do “trade” turístico, como a ABIH. Acredito que nem mesmo a SETUR/AP possa aproveitar esse material para trabalhos estatísticos e de pesquisa. Mas o dinheiro foi repassado a tal CONECTUR, sob a gestão do ex-prefeito Wladimir, ligado politicamente a deputada federal Fátima Pelaes.

  • Se esse cara com nome de remédio fosse tão honesto como arrota…teria denunciado antes que o dinheiro entrava e saia.

  • EU QUERIA SABER PORQUE O POVO DO CAMILO, QUE ADORA FALAR DA HARMONIA, ESTÁ TÃO CALADINHO AGORA? SERÁ QUE O TELHADO DELES TAMBÉM É DE VIDRO?

    • Você ainda dúvida!?
      Esse pessoal deste partido despresível adora apontar o dedo em riste na cara dos outros, quando flagrados com a mão na massa.
      Mas, quando a coisa é com eles ou atinge aliados deles ficam caladinhos.
      Resta a PF de fato dizer de quem era aquela dinheirama sem dono no aeroporto de macapá durante o segundo turno da eleição passada.
      Se fosse dos adversarios esta conhecida turma de cafajestes teria reinado. Como se sabe ficaram caladinhos. Como agora.
      Não tem para onde correr, todos metem a mão.

  • É uma pena que na maioria das vezes esse é o único contato que esses bandidos tem com a prisão. Depois começam as ações dos seus padrinhos para tumultuar o processo e tentar conseguir uma prescrição … Mas a Justiça Divina não tarda e nem falha … viu dona Fátima Pelaes !!!!!!

  • Heeiiii Errolflyn, já que vc vai lutar contra a corrupão, agora é hora de iniciar a luta pela cassação da Deputada na Câmara de Deputados!!!!
    Porque por aqui a Câmara de Vereadores afrouxou o nó no pescoçp do Prefeito e estão todos caladinhos. No resto do Brasil os Prefeitos ladrões estão todos sendo afastados e perdendo o mandato.

  • Gostei da coragem do Errolflyn! Procurou a mídia expontaneamente e se deixou ser interrogado e reconhceu o erro de ter substimado as intenções do Ex-Prefeito de Ferreira Gomes. Outros não tiveram a coragem de sequer sair de casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *