Embrapa conclui pesquisas para o ZEE do Cerrado do Amapá

A Embrapa concluiu duas pesquisas previstas na cooperação técnica com o Governo do Estado do Amapá para contribuir com o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) do Cerrado do Amapá, uma das últimas fronteiras de expansão agrícola do Brasil. Os estudos resultaram no mapeamento da aptidão agrícola dos solos do Cerrado amapaense. A outra contribuição é uma publicação que detalha uma proposta para uso agropecuário mais sustentável do Cerrado amapaense. Esta segunda publicação está disponível no portal da Embrapa para download: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/989592

Os resultados do trabalho “Mapeamento de Solos e Aptidão Agrícola do Cerrado do Amapá” serão entregues pelo pesquisador Adriano Venturieri, Chefe Geral da Embrapa Amazônia Oriental (Pará), ao governador do Amapá, na manhã desta terça-feira, 15/07, na sede do Executivo Estadual, em Macapá (AP). Neste mesmo dia, no horário das 15h às 17h, Adriano Venturieri apresentará os dados da pesquisa durante uma palestra, no auditório da Embrapa Amapá, para todos os interessados no assunto.

A aptidão agrícola é o que determina a vocação natural da terra para determinadas atividades agropecuárias, sempre levando em conta o meio ambiente. Assim, evita-se, por exemplo, que os produtores cultivem grãos em uma área considerada naturalmente inadequada. De acordo com o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Amapá, Nagib Jorge Melém Junior, a aptidão agrícola considera cinco fatores para recomendar ou não a utilização das terras: eficiência da fertilidade, deficiência de água, excesso de água, risco de erosão e impedimentos à mecanização.

 

Pesquisadores da Emprapa.
Pesquisadores da Emprapa.

Dulcivânia Freitas, Jornalista DRT/PB 1063-96
Embrapa Amapá

  • Alcilene, obrigada pela publicação! Aproveito para informar a todos que devido ao cancelamento do voo Belém-Macapá (pela Azul), o pesquisador Adriano Venturieri (da Embrapa do Pará) não conseguiu embarcar para Macapá hoje. Portanto, foi cancelada a entrega dos resultados das pesquisas no Palácio do Governo, agendada para a manhã de hoje (15/7), e também a apresentação do pesquisador no período da tarde, na Embrapa.
    Todos serão avisados da nova data, ok. Abraços 🙂
    Dulcivania Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *