Do blog de Alcinéa Cavalcante

PF apreende 4 toneladas de alimentos e material de campanha de Roberto Góes

Postado por: Alcinéa Cavalcante

03.10.12 2:56 pm

Por determinação da Justiça Eleitoral, a Polícia Federal apreendeu cerca de quatro toneladas de alimentos e material de campanha do prefeito de Macapá, candidato à reeleição, Roberto Góes (PDT).  O trabalho foi resultado de ação do Ministério Público Eleitoral no Amapá (MPE/AP), por meio do promotor eleitoral auxiliar André Luiz Dias Araújo. A medida de busca e apreensão foi cumprida na manhã desta quarta-feira, 3.

O MPE/AP apurou que Pedro dos Santos Martins e Rodrigo Flávio Portugal Alves, declaradamente ligados ao prefeito Roberto Góes, estavam armazenando alimentos não perecíveis para distribuir, possivelmente, durante o período eleitoral. A suspeita era de que os produtos seriam acondicionados em cestas básicas e trocados por votos para beneficiar o candidato à reeleição.

Os gêneros alimentícios foram apreendidos no prédio do jornal “O Pavio” e do programa “Batendo Lata”. O juiz eleitoral Rommel Araújo de Oliveira considerou “no mínimo estranho que a sede de um periódico guarde grande quantidade de alimentos”. No local, também foram encontrados cartazes e bandeiras com nome e número de Roberto Góes. O material foi encaminhado à sede do TRE.

Inquérito – A Polícia Federal instaurou inquérito para apurar a prática de crime eleitoral pelos envolvidos. Sobre a suspeita de compra de votos, na decisão, o juiz salienta: “tal prática criminosa… contamina todo o processo eleitoral e merece posição enérgica no sentido de se coibir qualquer conduta neste sentido”.

(Assessoria de Comunicação Social/Ministério Público Eleitoral no Amapá)

O OUTRO LADO
Rodrigo Portugal e Pedro Martins negaram que os alimentos seriam usados para captação ilícita de votos. Eles disseram que esses alimentos foram arrecados numa caminhada de estudantes realizada semana passada com o intuito de ajudar pessoas carentes. Ressaltaram que todos os anos – de eleição ou não – fazem essa ação e outras e citaram a realizada ano passado para ajudar na construção do Instituto do Câncer Joel Magalhães.

Fotos: Polícia Federal

  • Essee alimantos podiam até ser de doação mas que seriam usado em nome do Roberto. Só não acredita que não que

  • Me engana que eu gosto. Se era pra distribuir para entidades filantrópicas, porque não deixaram na Escola Alexandre Vaz Tavares e comunicaram o TRE? Tá pensando que o nariz da população é furado do avesso? Conta outra, vai…

  • HA! que desculpa mais descabida,justo na época eleitoral e com os cartazes do Robertinho junto….kkkkkkk,quanta ingenuidade,oh! dó .É muita cara de pau desses ai,cadeia neles e em qualquer um, que práticar este crime eleitoral.Tá explicado o azul nas baixadas e pontes.

  • Alcilene,
    O TRE deveria investigar o SENAI e a Federação da Industria. Ontem foi uma loucura aquilo ali! As coordenadoras pedagógicas da escola SENAI entraram em sala de aula para pedir voto para o candidato 12 e para a nora da Deputada Telma Gurgel. Outro absurdo: a escola não funcionou a noite porque todos os funcionários foram convocados a participar de um “coquetel” no espaço de eventos da Sorveteria Jesus de Nazaré. E lá as promessas foram maiores. Detalhe: houve a denúncia no TRE, este não fez NADA.

  • Vamos combater essa prática na política local a cada período que antecede às eleições, denunciando ao TRE. Não dá mais.

  • E esse candidato ainda posa de santinho, livrai-nos desse elemento. O povo parece que que não enxerga um palmo na frente do nariz. O que ele fez em quatro anos? E ainda pede mas quatro? Pense e decida na urna, vamos mudar a cara dessa cidade, com dignidade e caso o sucessor não faça daqui a quatro anos, mudamos de novo.

  • Admiro a coragem deste “jovem” prefeito. Apesar de ter a polícia na cola, ainda continua fazendo suas peraltices. Ah menino!!!

  • Ainda tem gente que acredita em um candidato que tem como cabos eleitorais individuos como Rodrigo Portugal, Pedro da Lua, carumbé e outras figuras.

  • Estes senhores Pedro da Lua e Rodrigo além de não terem nenhuma credibilidade também não sabem mentir.
    Pera aí meus, alimentos recebidos em caminhadas … me conta outra para mim terminar de rir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *