Dilma ouvindo as ruas

Presidenta Dilma ligou pessoalmente no domingo ao prefeito de Macapá, Clécio Luis, convidando-o para uma reunião com ela e todos os prefeitos das capitais, hoje em Brasília.

Conforme disse em seu pronunciamento na sexta-feira, Dilma vai apresentar um programa de mobilidade urbana para o país.

Em seu pronunciamento, Dilma também prometeu 100% dos royalties do petróleo para a educação. Coisa que o prefeito Clécio já fez, inclusive através de lei, aprovada pelos vereadores de Macapá.

 

  • A Dilma reunir com Governadores e Prefeitos não vai resolver nada. Suas excelências não sabem o que os manifestantes estão querendo. Vai ficar no blá, blá, blá de sempre. A sociedade está querendo é mais educação, saúde, segurança, infraestrutura e, claro, transporte público gratuito. Ah sim, acabar com a corrupção no País, pois, ela existindo, não sobra dinheiro para os setores essenciais, motivo das manifestações.

  • Mas, essa convocação dos prefeitos não é para acertar estratégia para a reeleição de 2014 de nossa Presidenta? Será que ela tentará convecê-los? A “coisa”, como diz o cara: “está mais feia de o que o mapa do inferno”. Os políticoa de mandatos brasileiros precisam urgentemente exterminar a CORRUPÇAO, ou então, exterminaremos-os da vida política mandatário, através do voto. Toda a maioria do povo brasileiro deve ser feliz financeiramente, como é feliz uma minoria do nosso povo, também, em termos financeiros.

    Servidores públicos também sabem fazer manifestações, porém, com responsabilidade e civilidade democrática.

    VAMOS EXTERMINAR COM A CORRUPÇÃO NO BRASIL? SERÁ QUE TEM JEITO? Só depende de todos os brasileiros civilizados.

    O GIGANTE BRASIL TAMBÉM, SOU EU!
    ENTÃO, VAMOS DEFENDER O NOSSO BRASIL?
    QUE DEUS NOS ABENÇOE!

  • Presidenta Dilma ligar pessoalmente para Prefeito ? (…) duvido ! Alias, o PSOL é oposição ferrenha ao governo PT.
    Mas, como dizia o saudoso Dep. Utlysses Guimarães: “(…) na política tudo pode, até boi voa”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *