Dia Internacional do Enfermeiro: profissionais representam 12% dos trabalhadores da saúde do Amapá

 

Nesta quarta-feira, 12, é comemorado o Dia Internacional do Enfermeiro. Atualmente, são 953 profissionais que representam 12% dos mais de 7 mil servidores da saúde estadual. Seja atuando diretamente na assistência ao paciente ou nas mais diversas áreas da gestão do sistema de saúde, a presença desses profissionais é essencial para o funcionamento das unidades de saúde, especialmente durante a pandemia de covid-19.

Em casos de urgência e emergência, o primeiro atendimento que a população recebe é o das equipes que atuam nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Trabalhando no Samu desde 2016, a enfermeira Kelle Telles sabe bem que uma atuação rápida e eficiente é imprescindível para garantir a vida dos pacientes.

Kelle conta que a decisão de ser enfermeira veio da infância, quando ajudava a mãe no cuidado dos irmãos e percebeu que gostava de cuidar das pessoas que estavam ao seu redor. Para ela a maior recompensa é ver o agradecimento nos olhos dos pacientes e refletir para ser uma profissional melhor, acolhendo da forma que gostaria de ser acolhida.

“Eu digo que a enfermagem me escolheu, pois lidar com a vida do ser humano é uma responsabilidade muito grande, cada paciente é o amor na vida de alguém. Cuidar por inteiro talvez seja o grande desafio na profissão, pois a enfermagem vai além do tratamento clínico, é ter empatia pelo próximo que está ali precisando da assistência da enfermagem naquele momento. Mesmo me deparando com desafios enormes, sou feliz e grata em ser enfermeira”, disse a trabalhadora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *