Desocupação de áreas de ressaca

Fiscalização Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Macapá realizou  processo de desocupação de áreas de ressaca nos bairros Infraero I e Brasil Novo. No Infraero I a ocupação ainda estava no início, o que possibilitou a ação imediata de desocupação da área sem a resistência dos invasores. No bairro Brasil Novo a ocupação já é mais antiga, não restando outra maneira a não ser a desocupação por meio de ação judicial, para então fazer o processo de derrubada das armações e casas já construídas no local.

As áreas de ressaca não apresentam condições de infraestrutura mínimas para fins habitacionais, visto que às áreas de alagados não permitem a instalação de rede de esgotos. Não diferente da maioria das ocupações, no Infraero I e Brasil Novo os invasores já haviam feito a retirada de parte da vegetação do local, o que influencia diretamente no clima de Macapá, pois as áreas de ressaca são fontes de equilíbrio climático responsáveis por liberar vento para os centros de concentração populacional, dissolvendo o calor e desconcentrando os agentes poluentes.

1-ressaca-DSC_77442-ressaca-DSC_7750

 

Jamile Moreira/Asscom Semam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *