Da Coluna do Paulo Silva

Apurar de cabo a rabo
O que acontecia na Assembleia Legislativa do Amapá, até a deflagração da operação mãos limpas, será apurado até o fim. É a ordem mais recente do ministro Otávio Noronha, do STJ. Ele mandou investigar para onde ia o dinheiro sacado na boca do caixa e as empresas – listou pelo menos quatro – e pessoas físicas beneficiadas. Também mandou investigar empréstimos consignados feitos por assessores “laranjas”.

  • A AL/AP, desde o início, sempre agiu na contramão das leis que regem a Administração Pública. Teve empresas prestadoras de serviços de vigilância e limpeza que pertenciam a uma pessoa que depois virou deputado. Essas empresas nasceram e morreram na Assembléia Legislativa. Era uma espécie de extensão de cabide de emprego. Nada obstante a gravidade dos fatos, nunca nada foi apurado para definir responsabilidades. Houve épocas que o Sindicato ou Associação dos Servidores da AL/AP denunciou tais desmandos em carta escrita. Depois, houve silênciao sepulcral. Havia um jornal de um ex-deputado, que contava tais presepadas ao estilo do escritor “Boca do Inferno” (José Gregório de Matos Guerra), mas funcionava como uma revista de piadas. Ler para rir, quando devíamos chorar. Vamos passar a limpo o Amapá. A hora e esta. A única coisa que sou contra, que emana desse Ministro Notoronha, é o uso do mandado de condução coercitiva, sem que tenha havido intimação ou convite do conduzido. Isso fere o estado de direito.

    • Dr: Adelmo Caxias merece todo o nosso respeito e é referencia no direito mais me parece que com a desilgualdade das leis neste Pais fica a extrema sensação de impunidade, no fritar dos ovos no Brasil a Lei funciona muito bem pra preto, probre e prostituta, o resto é uma classe abastada de dinheiro que jamais ira preso Dr: Adelmo.

  • A AL/AP, desde o início, sempre agiu na contramão das leis que regem a Administração Pública. Teve empresas prestadoras de serviços de vigilância e de limpeza que nunca souberam o que era participar de uma licitação (nunca houve antes)que alí funcionou por longos anos e que pertenciam a uma pessoa que depois virou deputado. Essas empresas nasceram e morreram na Assembléia Legislativa. Era uma espécie de extensão de cabide de emprego. Nada obstante a gravidade dos fatos, nunca nada foi apurado para definir responsabilidades. Houve épocas que o Sindicato ou Associação dos Servidores da AL/AP denunciou tais desmandos em carta escrita. Depois, houve silêncio sepulcral. Havia um jornal de um ex-deputado, que contava tais presepadas ao estilo do escritor “Boca do Inferno” (José Gregório de Matos Guerra), mas funcionava como uma revista de piadas. Ler para rir, quando devíamos chorar. Vamos passar a limpo o Amapá. A hora e esta. A única coisa que sou contra do Ministro Noronha, é o uso do mandado de condução coercitiva, sem que tenha havido intimação ou convite do conduzido. Isso fere de morte o estado de direito.

  • e so fazer um levantamento no patrimonio da galera, meu amigo o ex todo poderoso ananajas, tem um fazenda que meus amigos, a casa que tem la, ganha de muitas casas de gente rica aqui em macapa. e so dar uma batida naquelas lojas de roupas no centro que vao descobrir cada coisa, e povo para comprar terrenos e construir predios no centro de macapa.

  • Na minha opnião deveria prender os 24 deputados estaduais passados,todos foram envolvidos nesse escândalo,e não escapa um.

    • Não generalize, acredito que cada caso é um caso. Não tenho nada a esconder, meus bens sempre estiveram disponíveis à disposição de quem queira.Não pratiquei nenhum ato delituoso em um ano de mandato (o restante me foram usurpados).

  • é Adelmo, alguns desses ministros foram pra lá sem conhecer a Constituição. Temos que invocar a “GARANTIA DA GARANTIA” dos direitos.

  • AH! Sr. ministro,se oque fosse apurado,confirmado e sacramentado desse algum resultado p/os saqueadores do dinheiro público,as cadeias estariam abarrotadas desse “anjinhos”.O melhor “emprego” neste país é ser politicos dos “bãos”(???) e ter amigos.O povo gostcha tanto deles que os elege DINOVO.O patrimonio dos caras é de fazer inveja a qualquer mortal.

  • em face da decencia deste blog e do compromisso com a verdade peço também que a Policia Federal investigue o duble de jornalista Carlos Lobato pois o mesmo apesar de ter sido conduzido todas as vezes que se tem operação neste estado o mesmo continua recebendo uma verdadeira fabula do atual Governo e me desculpe senhora Jornalista mais não pra isto que eu minha familia, meu bairro e meus amigos votamos no Camilo Capiberibe…por favor, com a palavra o Sr: Walter Jr???????

  • Como pode aquele anexo que esta sendo construido ao lado da assembleia custar 8 milhoes… E uma obra, acho que do ministerio público, proximo ao araxa, 3x maior que a construção da assembleia… 2,5 milhoes… será que esse bando de ladrão pensa que o povo é cego? o pior de tudo q é mesmo…. vou mandar as fotos pro fantastico vamos ver se vao fazer uma matéria a respeito. disso e de muitas outras obras ultramente super mega faturadas.

  • Concordo com a mensagem do Antonio,se for pra desmoralizar a AL deveria prender os 24 deputados estaduais,pois não escapa UM.

  • Todo politico declara somente poucos bems em seu nome, o resto esta tudo em nome de laranja, e como tem laranja no amapa, o pessoal daquelas lojas de confecçoes do centro sao tudo laranja de politico.

    • Melhor seria dizer o nome do dono “dáquelas lojas”,pois assim compromete empresários que suaram suas camisas,ralaram p/conseguirem oque tem.Melhor dizendo,subiram as escadas degrau a degrau,não usaram “paraquedas politicas”.

  • Olha, eu acho que já chega ver tanta gente enriquecendo de maneira ilícita, às custas do voto da população. Patrimônios são erguidos da noite pro dia e ninguém faz nada. Quem não quer, não precisa ou não gosta de dinheiro? Todo mundo. Mas parece que alguns políticos tem carta branca, autorização, pra saquear as custas do povo.

  • gostaria de pergunta para o governador sobre os pessoas do contrato admistrativo que foram exonerado no ano passado no mes de dezembro quando vao receber a idenizaçoes porque meu filho trabalhava no super facil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *