CTMac fiscaliza ciclofaixa da Hamilton

O departamento de educação da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) está fazendo um trabalho educativo e repressivo na ciclofaixa da rua Hamilton Silva. Os agentes da CTMac estão usando bicicletas para percorrer a via destinadas aos ciclistas para passar orientações e também para fiscalizar o cumprimento da proibição de não estacionar do lado direito da pista. “As pessoas ainda não se acostumaram com a ciclofaixa. Muita gente ainda não sabe como usar, inclusive. Os próprios ciclistas ainda usam de forma errada ou até mesmo deixam de usar. Então os nossos agentes estão aqui para dar orientações às pessoas quanto à maneira correta de usar a ciclofaixa e também fazendo a fiscalização. Muitos motoristas ainda insistem em querer estacionar na ciclofaixa, tem até moto andando na via que é destinada ao ciclista. Ainda há um desrespeito muito grande. Mas os nossos agentes estão aqui para coibir essa prática com multas e até com apreensão de veículos”, afirma o diretor de trânsito da CTMac Jair Coelho.

 

Ainda de acordo com Jair, esta é apenas a primeira etapa da ciclovia. Outras ruas vão receber a sinalização e formar um cinturão que vai ligar a zona sul a zona norte de Macapá. “Esta primeira etapa vem da avenida Pedro Lazarino até a avenida Fab e a segunda etapa, que nós já iniciamos, vai da Fab a José Tupinambá. É uma medida que já esta melhorando a vida dos nossos ciclistas porque traz mais segurança e rapidez para que eles se desloquem na cidade. É um sonho antigo dos ciclistas que está virando realidade”, ressalta Jair. (Silvio Souza)

  • Há mais de dez anos, estive em Curitiba a serviço e fizemos uma visita técnica em uma escola de ensino pré-escolar.Lá, havia uma pequena “cidade”, onde as crianças aprendiam a respeitar a sinalização de trânsito dirigindo seus carrinhos, parando nos semáforos, antes da faixa de pedrestres, andar nas calçadas, tudo de acordo com a lei. Em Macapá, não temos nada disso. Como se vê, trânsito é também uma questão de educação. Mas, há ainda quem tente justificar os abusos, como o comentário que ouvi num programa de rádio em que se alegava que uns poucos motoristas não respeitam os novos semáforos da Duca Serra porque eles são pequenos e impróprios para rodovia, como se os motoristas não conseguissem enxergá-los.

  • “Uma palhaçada, um serviço porco, rua sem a menor estrutura.”

    Eu completaria dizendo: rua esburacada, asfalto ruim, sem calçada e cheia de vala e lama pros ciclistas passarem por cima.

    E ainda tem cidadão que vai votar no atual prefeito!

    É triste viver assim!!!

  • Se a bicicleta é um veiculo e tenho que respeitar como tal? por que elas não segue as leis tambem dos carros. Acho um absurdo e incoerente colocar duas mãos para bicicletas e uma rua de uma mão para veiculo…isso ainda vai causar acidentes e graves…..fica o alerta para essas antas da EMTU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *