Covid-19: taxa de letalidade no Amapá é 4° menor do Brasil

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp) apresentou o parecer técnico cientifico nº 12 de 2020, que descreve as características da pandemia de coronavírus no Amapá. Um dos destaques do estudo é a taxa de letalidade no estado, que atualmente é 1,44% – representando o índice de óbitos em relação ao número de pessoas infectadas – uma das menores do Brasil.

A letalidade no Amapá também está bem abaixo da média nacional, que atualmente é 4,6%, ficando atrás apenas de Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Santa Catarina. Já na região norte, a taxa amapaense é a menor, sendo o estado do Pará a maior com 5,27%. Confira o gráfico por estados do país.

 

O estudo destaca que as medidas adotadas no combate ao coronavírus e de assistência terapêutica precoce aos infectados vêm contribuindo para a redução da mortalidade por covid-19. O estado também é destaque no indicie de testagem; a cada 100 mil habitantes, 5.412 pessoas são testadas, sendo um dos maiores do país, o que também reflete uma alta incidência de casos confirmados.

Outro fator é a abertura de leitos, que atualmente funciona, em média, com 50% de ocupação nos leitos clínicos e de UTI, o que dá a possibilidade dos pacientes que se agravam serem internados e receberem tratamento adequado.

O Superintendente de Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia, afirma que o esforço conjunto do Estado e das prefeituras ajudou no baixo índice de mortalidade no Amapá.

“O Estado conseguiu estabilizar os pacientes com atendimento, assistência, rastreamento dos casos e com protocolo terapêutico precoce. O estado tem um índice alto de testagem, encontrando os casos e acompanhando os pacientes, tudo isso feito em parceria com os municípios, conseguindo diminuir os impactos e a letalidade desta pandemia”, afirmou Malafaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *