• A pressa é amiga da imperfeição, mas, eles não tropessam pois só andam de avião, daqueles cuja a passagem de ida e volta e comprada com nosso tostão.
    Portanto eleitor, ou votar preste atenção…depois da coisa feita, não adiant reclamar nãããoooooo!!!

  • A PRESSA É AMIGA DA IMPERFEIÇÃO. ELES NÃO TROPEÇAM POIS SÓ ANDAM DE CARRÃO OU AVIÃO, COMPRADOS COM NOSSO SUADO TOSTÃO… E NÃO ADIANTA RECLAMAR, POIS NOSSO VOTO FOI A RAZÃO, CUJA A PERDEMOS POR NOSSA PROPRIA OPÇÃO. NÃO ADIANTA CHORAR, É MELHOR PENSAR QUANDO DA NOVA ELEIÇÃO, E ISSO NÃO É POEMA, É SIM UM CORDEL COM TODA FORÇA DA EXPRESSÃO: INDGNAÇÃO MEU IRMÃO!

  • Moisés Souza, reeleito presidente da AL até 2014?

    Agora sim que ele vai aumentar a verba indenizatória dos deputados pra R$200.000,00/mês !!!

    Chuta que é macumba!!! Triste Amapá!!

  • Cara isso é uma imoralidade pura, antecipar em um ano a eleição da mesa diretora só na Tucujulândia (em troca de que?) Fico imaginando uma cara feito o Moises no lugar do Lula que teve a oportunidade de ir para o terceiro mandato!

  • Apenas como informação (não entenda como defesa. pois o Moisés é bem grandinho para se defender) ao grande Messias. O regimento não proibe, daí o entendimento de que aquilo que a lei não proibe é permitido. Apenas dois presidentes da AL não anteciparam eleição para presidir a Casa: Nelson Salomão (faleceu no mandato) e Lucas Barreto, que não disputou segundo mandato. Os demais, sem exceção, anteciparam. Pior fez o presidente da Câmara de Vereadores de Macapá, que seis meses após ser eleito para o primeiro mandato já renovou para o segundo. Sem ser provocada, a Justiça fica inerte. Na Câmara de Santana foi a mesma coisa com o presidente Rato.

  • Nelson Salomão faleceu em junho de 1995, portanto na segunda legislatura da AL e esta já tinha outro presidente, Júlio Miranda.

  • Dizem que AL é a casa do povo, pura balela.
    A nossa casa não é desorganizada, não é desrespeitada, tem muito amor e é nela que criamos nossa familia.
    Na AL ninguem se respeita, quando um deputado fala na tribuna o outro atende telefone, outro lê jornal, outro vai embora, outros se reunem em rodinhas, outros nem vão para a plenária,é uma falta de respeito, de ética de compromisso com o povo.
    Nesta casa chamada AL ninguem representa ninguem, o grande objetivo é inventar o que vão fazer com os 12 milhões mês que o nosso sofrido povo coloca lá religiosamente.
    É por isso que tem deputado que tem inumeras empresas “laranjas”, apartamentos em Belém, Salinas, Fortaleza,Natal, Rio e São Paulo.
    Fora essses abutres …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *