Corram para as montanhas

Foi publicado nesta quinta-feira (21) o decreto de exoneração do cargo de consultor (e poderoso) geral da Assembleia do Amapá, do bacharel em Direito, Paulo Melém, que esteve no parlamento por mais de dez anos apesar das trocas de presidentes, e até recentemente era muito ligado ao presidente afastado Moisés Souza, e mais recente ainda, ligado ao presidente interino Kaká Barbosa.

O motivo do desligamento não foi revelado, mas no mesmo Diário Oficial, Kaká Barbosa (PT do B) publicou ato anulando um protocolo feito por Melém que conteria uma eventual renúncia assinada pelo chefe do parlamento. Não se sabe se o documento foi protocolado antes ou depois da exoneração.

Ainda não foi revelado quem assume o cargo de consultor-geral da Alap. A mais cotada, no entanto, é advogada Patrícia Aguiar.

Fontes da Assembleia Legislativa afirmam que Paulo Melém não só foi exonerado, como foi expulso da AL, com direito à revista no carro, feita por PMs da Casa Militar do Legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *