Convênio entre Prefeitura de Macapá e GEA garante abrigo temporário para população em situação de rua da capital

A Prefeitura de Macapá e o Governo do Estado do Amapá (GEA) assinaram na última semana convênio, no valor de R$ 137.445,00, para abrigar 70 pessoas em situação de rua da capital, de forma emergencial e temporária, a fim de evitar o contágio destas, como medida de prevenção frente à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O plano de ação propõe uma alternativa para o isolamento social desse público, em especial, criando um abrigo para adultos e famílias.


Com o plano de ação emergencial, a Prefeitura de Macapá tem por objetivo combater e prevenir a população em situação de rua. “Durante os últimos meses, presenciamos o surto global do Covid-19 e, a partir deste paradigma, várias medidas foram tomadas para garantir a saúde de toda a população. Porém, estas ações surtem pouquíssimo efeito para a população em situação de rua existente no município, uma vez que este grupo tem especificidades que vão desde a falta de moradia até a dificuldade ao acesso a serviços simples como água, higiene e saúde”, pontua a secretária de Assistência Social de Macapá, Mônica Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *