Condenado

Wellington Raad foi considerado culpado pela morte da advogada e professora Caroline Passos e seus filhos, Marcelo e Vitória Konish. E foi condenado a 57 anos de prisão.

Trabalho competente da investigação. Promotores, delegados, investigadores e peritos que trabalharam dia e noite em provas técnicas e científicas  e conseguiram a confissão de Wellington.  Não é fácil descobrir os assassinos psicopatas, já que els não são suspeitos comuns por não terem  tem motivos para matar.

E trabalho impecável da acusação, feita pelos competentes promotores Iaci Pelaes e Afonso Pereira.

Esse crime me chocou muito. Além da barbaridade tamanha, Carol trabalhava ao lado de minha sala. Era uma alegre colega, dinâmica e trabalhadora. Marcelo Konish, um jovem inteligentíssimo, foi colega de classe de meu filho no colégio Seama e eram amigos. Vitória uma doce criança.

A condenação de Wellington não os trará de volta, mas essa é a lei dos homens e da defesa da sociedade.

  • conseguiram condenarem um jovem inocente, sendo que o verdadeiro assasino da familia koniche estar no meio do alto escalão da policia de macapá,policia não condena outa o que fazer?????????

  • Infelizmente aqui no Brasil não temos prisão perpétua, pois psicopatas como ele deveriam ficar na prisão para sempre. Psicopatia não tem cura. Quando ele for solto, vai voltar a cometer outros crimes hediondos. Precisamos de mudança urgente no nosso código penal.

  • Carla se vc tem tanta certeza da besteira que esta falando, pq não foi para o julgamento e falou o que sabe?
    Provavelmente vc deve ser da familia desse monstro e quer defende-lo, mas é impossivel, esse cara é assasino. Que ele apodreça na cadeia, é menos um verme em meio a sociedade.

  • Se a família do Haad sabe quem é -fantasiosamente – o verdadeiro assassino, porque não disseram em juízo? Como diz um velho ditado popular: “Quem tem pena do desgraçado vai pro lugar dele”. Então! as provas levantadas pelo ministério público são irrefutáveis, o resultado não poderia ser outro, a condenação; só esperava que a pena fosse acima dos 70 anos, pra garantir que esse psicopata nunca mais ficaria em liberdade.

  • Beira o ridículo querer acreditar que dois ou três bandidos invadem uma casa, assassinam cruelmente toda uma família e preservam a vida de coitadinho do Welligton lá dentro, deixando ele vivo… “coitado” quanta injustiça com ele, ter que presenciar toda a cena… Então assassinos frios e cruéis teriam pudor em tirar a vida de mais uma pessoa?Afff acreditar em conto de fadas… o mais interessante é querer banalizar um minimo de inteligencia humana achando que uma versão desta poderia colar… O Welligton teria presenciado toda a cena, supostamente como vítima da situação e ainda sairia para lanchar como se nada tivesse acontecido e inocentemente portando pertences da família? Ah, claro, talvez tivessem obrigado o coitado a levar a mochila, o celular…

  • assisti último dia do julgamento os advogados já sabiam da condenação do reu(defesa fraca), tava nos laudos e o Dr. Iacy Pelaes e Afonso deram um show…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *