Como é primeira vez quem tem verão no Amapá, a Cea e a Eletronorte foram pegas de surpresa e não se planejaram.

Veja a nota de hoje.

COMUNICADO

A Eletronorte e a Companhia de Eletricidade do Amapá comunicam que os desligamentos de energia elétrica foram estendidos para um intervalo de 60 a 90 minutos. A extensão é resultado da baixa do nível de água no reservatório da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes, que chegou ao estado crítico, provocando a redução na geração de energia elétrica.

Na última quarta-feira, 28 de outubro, por falta de combustível na Usina Termelétrica de Santana, decorrente de problemas na logística de entrega da Petrobrás, o reservatório precisou ser utilizado para suprir a ausência total do parque térmico. O reservatório não pode ser recomposto pela falta de chuvas nas cabeceiras do Rio Araguari, que chega há 70 dias.

Os horários com as previsões de desligamentos por bairro estão disponíveis na página www.cea.ap.gov.br e no Call Center da CEA (0800-96-0196).

  • Cambada de incompetente!!a meses eles sabem do problema climático que tá afetando o Amapá, e do não pagamento do combustível das termos. E o que fizeram???? nada!!E mais uma vez quem paga é o povo, e paga caro por algo que é desviado tanto pela Eletronorte como pela CEA.

  • Isso é mentira! Tenho certeza que estão mentindo. Dos trezentos megas watts colocados a disposição do Amapá pela Eletronorte, menos de 20% vem do Paredão. O grosso é produzido pelas termo elétricas movidas a dizel, contradas de produtores independentes. É ai que tem gato na tuba, se não, vejamos. Esse ano a CEA não pagou uma única fatura a Eletronorte, que por sua vez não pagou os produtores independentes, que não tem dinheiro para comprar óleo dizel e movimentar as máquinas, nos condenando ao racionamento. Essa história de culpar a Petrobras, não cola, se verdade fosse, não haveria óleo nos postos de combustíveis. Outra coisa, nós consumidores pagamos em dia nossas faturas, a CEA arrecada e não paga a Eletronorte, faz o quê com esse dinheiro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *