Coluna: “O Mundo por Aline”. Hoje sobre Enogastronomia

*Por Aline Monteiro. 

Vamos falar hoje sobre enogastronomia?

FB_IMG_1520589898680

(Foto: Luciana Macedo)

Explicando de forma simples, a ENOGASTRONOMIA nada mais é do que a arte de combinar, de harmonizar vinhos e alimentos, e isso é feito com base em conhecimentos de enologia (a ciência que trata do vinho) e também da gastronomia.

b1fbeb8b4144de3cde7593f03f81cc10

Combinações básicas (Fonte: Pinterest)

Como você deve imaginar existem inúmeras e possíveis combinações e você provavelmente já até aplica a famosa regra de que “peixe deve sempre ser servido com vinho branco e carnes vermelhas com vinho tinto”, porém saiba que essa máxima permite exceções, já que a enogastronomia atualmente tem ensinado que o importante é combinar com o sabor da carne, seus temperos e com o molho, não podendo o sabor do vinho se sobrepor ao do prato e vice-versa.

A palavra de ordem agora é equilíbrio, por isso um vinho tinto pode perfeitamente combinar com um peixe de sabor intenso, como um bacalhau, por exemplo, que vai muito bem com um tinto encorpado. Da mesma forma, um carpaccio pode sim ser acompanhado por um vinho branco, como o Sauvignon Blanc. Quem diria, hein?

Bacalhau e vinho tinto? Pode sim!!!

FB_IMG_1520602592491

 Polenta densa de jambu com camarão pitu. Vinho: Vale do Luar (Chenin Blanc Cattacini) – Foto: Luciana Macedo (Wine dinner do Restaurante Dom Garcia)

FB_IMG_1520602479790

Escalope de mignon de búfalo com batata baby. Vinho: Merlot Cattacini (Foto: Luciana Macedo) – (Wine dinner do Restaurante Dom Garcia)

Essa tarefa um tanto que complexa de harmonização, aliás, é uma das missões do SOMMELIER, um profissional que se dedica ao estudo dos vinhos e que, seguindo seus conhecimentos de enogastronomia, recomenda o tipo ideal da bebida que deve ser consumido em determinada ocasião. Ele é diferente de um ENÓLOGO, que é ligado à produção do vinho, responsável por supervisioná-la, e que participa também das etapas de armazenamento, engarrafamento e distribuição do produto. O ENÓFILO, por sua vez, é um apreciador, um amante de vinhos, alguém que se interessa por todo esse universo.

Wine-Wallpaper_5.jpg

Dúvida bacônica: branco, rosé ou tinto? Suave ou Seco? Calma que o sommelier ajuda! (Foto da internet)

Conceitos expostos, vamos combinar que nesse assunto tão bom quanto a teoria é a prática, né? Poder experimentar um vinho de boa qualidade e aprender a importância da harmonização os sabores dos pratos é o que, pra mim, torna toda essa experiência mais autêntica, não concorda?

Aventura deliciosa em Mendoza-Argentina

Então, tim-tim pra você! Bora comer, beber e ser feliz que o fim de semana tá chegando?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *