Carta de Policiais e Bombeiros Militares, que pedem publicação no blog

MILITARES ESPERAM PELA PROMOÇÃO

Os Militares do Estado do Amapá estão insatisfeitos com o posicionamento dos seus respectivos comandantes de não aceitarem a promoção de Oficiais e Praças pela metade interstício, prevista no Art. 140 da Lei Complementar nº 065/2010 (Estatuto dos Militares do Estado do Amapá) o qual prevê que “os interstícios dos quadros de Oficias e de Praças poderão ser reduzidos até a metade, por ato do Governador do Estado do Amapá, mediante proposta do Comandante Geral da Corporação”. Segundo a justificativa dos Comandantes não existe necessidade de tais promoções e que o impacto na folha de pagamento seria muito alto e que o Governador já havia concordado com tais justificativas.

Diante de tais justificativas expomos os seguintes esclarecimentos: existe a necessidade de promoção tanto na PM como no BM, pois existem claros (vagas) nos seus respectivos quadros organizacionais. Com relação ao impacto na folha do estado, no caso a PM, este seria de apenas 21.802,00. Dentre os pretensos promovidos, 50% são do Quadro Federal o que não acarretaria ônus para o GEA e ainda aumentaria a circulação de dinheiro no Estado, sem falar que os federais não recebem aumento desde o Governo FHC.

Perante estes esclarecimentos os militares esperam pela promoção em agosto do corrente ano, uma vez que a Lei Complementar nº 065/2010 está em pleno vigor, portanto a promoção é um ato legal e só depende do Governador. Vale ressaltar que o Governador declarou recentemente à imprensa que não poderia dar um aumento acima de 3% para o servidor estadual, devido à situação financeira do Estado, mas por outro lado, iria valorizar o servidor público através das Progressões funcionais e Promoções, sendo que a promoção cabe aos Militares.

Finalizando, não queremos acreditar que nossas promoções serão utilizadas como moeda de troca para serem usadas, somente, em ano político, pois em 2010, que era ano de eleição houve promoção na PM e BM pela metade do interstício.  Entendemos que esse tipo de artifício (troca de favores) não cabe mais nos dias atuais e acreditamos que o Governador Camilo analisará com sensatez a proposta de promoção

Macapá, 03 de agosto de 2011.

Assinam Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado do Amapá

 

  • O GOVERNADOR VAI AGIR COM SENSATEZ, E INTELIGENTE COMO ELE É ACATARA A VONTADE DA TROPA,POIS VEJO QUE O QUE ESTA SENDO PRETENDIDO É JUSTO E LEGAL!!!!!!!!

  • qual a porcentagem de oficiais pm e bm em relação ao numero de soldados do amapá??? e dos outros estados???
    posso estar errada mas eu nunca vi tanto coronel como aqui no amapá, aqui só tem chefe não tem indio, se aproveitam das casas militares e haja criar coroneis….
    alguns são promovidos e aposentam no outro ano e ai de nossa amprev.
    a meu ver deveriam ficar no minimo 5 anos no cargo ou patente para ter direito a aposentar com a dita patente(e a contribuição a amprev), outra coisa, conheço tenente que em 8 anos foi a major, e ai, qual o critério?????

  • É uma vergonha o que esse comando da pm em conjunto com esse governo querem fazer com a polícia militar,por ser militar eu sei que esse negócio de impacto na folha é “balela”,pois quase todos já exercem uma função acima,o que querem é cercear o direito a promoção para depois usa-la com fins eleitorais,coisa que já foi feito num passado próximo e não deu certo…

    • Realmente não deu certo e é por isso que o governador não vai mais promover assim, inclusive tenho um amigo bombeiro que faz parte da comissão de reformulação do Estatuto PM/BM, e segundo ele esta aberração vai acabar, já foi aprovada na comissão.

      • Acadêmico, realmente querem retirar do Estatuto a Promoção pela metade do interstício, porque os Oficiais já são contemplados com esse benefício na sua Lei de Promoções. Quem vai perder como sempre são as praças. Esse teu amigo (mas acho que deve ser o teu iury) bombeiro só pode ser Oficial.

      • Aberraçao?? Sabe o que é aberração? É a assembléia legislativa ter um espaço para suportar somente 1000 funcionários mas a folha salarial registrar 2.491 servidores. Mas nós militares nao estamos pedindo essa aberração, só queremos que as vagas que EXISTEM sejam preenchidas, nada mais justo, pois nao somos funcionários fantasmas e as vagas muito menos. Somos concursados, nao estamos pedindo nada de extraordinário, nada comparado a certas ABERRAÇÕES que estamos a costumados a ver nesse Estado e dentro das CORPORAÇÕES MILITARES. OK?

      • CARO “acadêmico”

        SUGIRO A VC QUE ANTES DE EMITIR JUÍZO DE VALOR PESQUISE AS LEIS MILITARES PARA NÃO FALAR BOBAGENS,POIS É NO MÍNIMO CONSTRANGEDOR, PARA NÃO DIZER VERGONHOSO, UM ACADÊMICO FAZER COMENTÁRIOS SEM EMBASAMENTO TEÓRICO.

        • Como você, eu não tenho obrigação de conhecer a legislação especifica que vos regula, mas não precisa conhecer para perceber que promover pela metade do tempo, traz transtorno é só ver nas viaturas e no policiamento do centro comercial, em uma patrulha de quatro PMs, são 3 sargentos e 1 soldado ou um cabo. A pirâmide de vocês tá inversa tem mais caciques do que índios. Só mais uma coisinhas te identifica, pois pelo teu regimento interno se utilizar do anônimato e transgrssão. Só uma pergunta quantos capitães tem na tua policia? Antes que tu responda isso é uma aberração causada por promoção por metade do tempo. Agora se vocês querem a promoção para melhorar sálario, ai eu respeito e concordo. Agora você como sargento deveria pensar mais na instituição e para de olhar só para o seu umbigo.

  • Militar?
    Não pode grevar! É a primeira coisa que passa na cabeça de nossos governantes quando lembram de nós. Por isso nos deixam sempre em segundo lugar, mas quando o Amapá ficar igual a vários estados nordestinos em que famílias vão para a frente de quartéis talvez este cenário mude.. enquanto isso… Temos que ficar marcando passo!

  • Certamente o Governador vai cumprir o que nos foi prometido, ainda acredito nisso, afinal foi promessa do Mesmo.

  • Esperamos que o Senhor Governador cumpra com sua promessa, afinal ele deve ter palavra… estamos esperando nossa promoção Sr!

  • Sr. GOVERNADOR e Sr. Deputado AGNALDO BALIEIRO, lembrem-se os senhores que a classe militar hoje representa um grande número, incluindo os familiares e amigos, e que há pouco tempo deram uma resposta negativa a quem virou as costa para a tropa(praças). Esperamos sinceramente que os votos de confiança tenham valido a pena. NA CERTEZA DA PROMOÇÃO, É SÓ VONTADE POLITICA…..

  • E ainda tem gente que diz que espera sensates do governador, só resta saber de qual governador, pois do daqui não se pode esperar nada, principalmente se ele tiver prometido no palanque. Professores que o digam.
    NÃO ACREDITO MAIS EM NINGUEM.

  • Já no comando do Coronel Resende , tivemos duas turmas de sargentos do quadro especial pela metade intertício , qual critério ele usou para fazer essas duas turmas e não promover nós terceiro sargento a segundo sargento ?

  • Já no comando do Coronel Resende foi realizado duas turmas de terceiro sargentos do quadro especial , qual critério ele usou para realizar essas duas turmas pela metade intertício e não promover nós terceiro sargentos a segundo sargentos pela metade do intertício ? ; Sendo que já ouve outras promoções pela metade do intertício. Sr Governador Camilo Capiberibe contamos com o Sr, assim como o Sr e o deputado Balieiro contou com nós na eleição passada .

  • Polícia Militar!
    O terminal das omissões! onde todos os órgãos que compõem a máquina estatal falham, lá está ela, pronta para servir e proteger o cidadão amapaense e assim como num passe de mágica, garantir uma noite de sono tranquila à população! Todo povo merece o governante que tem, acima de tudo, militares também são cidadãos e estamos todos no mesmo barco, rumo ao país do descaso e da desgraça, pois assim somos tratados você e eu cidadão quando pede socorro e o socorro não vem!!

  • Gostaria que os Comandantes da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares postassem aqui, nesse espaço de discussão, suas verdadeiras justificativas para a não promoção pela metade do interstício, mas acho que eles não têm coragem.

  • Esse papo de impacto na folha é balela pois a maioria dos militares ganham função!E é bom lembrar que nos foi ptometido a tão falada e sonhada pela tropa:EQUIPARAÇÃO SALARIAL! Quero dizer que tb ac redito em fadas,duendes,papai noel e cia….

  • Será q teremos q fazer o q fizeram os bombeiros militares do Rio de Janeiro, para conseguir respeito? Não podemos realizar greves, assim se torna mais facil dizer não…Q digam os companheiros da educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *