CARTA ABERTA AOS USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO

Renivaldo Costa – jornalista

Desde fevereiro de 2008, assumi a Assessoria de Comunicação do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá com o propósito de contribuir na melhoria do sistema de transporte coletivo da capital. Ao longo desses quase dois anos e meio, propus campanhas educativas, cursos de aperfeiçoamento aos profissionais do sistema, criação de SAC, ouvidoria, web site, dentre outros serviços que pudessem desburocratizar o atendimento ao usuário.

É inegável que houve avanços no sistema de transporte, mas eles ocorreram muito mais pelo empenho do poder público municipal do que pela vontade dos empresários do setor. Ampliamos a frota, colocamos veículos adaptados para cadeirantes, mas pouco ou nada avançamos no atendimento aos usuários do sistema de bilhetagem em vigor.

O sistema atual é burocrático e ultrapassado, e complica ao invés de ajudar o usuário. Somente à guisa de exemplo, um cartão smart card, desses usados no sistema de bilhetagem, custa não mais que R$ 3, mas para que o estudante solicite uma segunda-via, em caso de perda ou furto, deve pagar ao Setap a taxa de R$ 29,25. É um absurdo.

No início deste ano, fui informado da “virada de chave” do sistema de bilhetagem. De pronto, percebi tratar-se de um retrocesso. Ao invés de garantir a descentralização do atendimento a usuários do passe escolar e do vale-transporte, o novo sistema eliminaria a possibilidade de compra antecipada de crédito eletrônico e, de uma só vez, durante a transição, bloquearia dezenas de milhares de cartões de bilhetagem, causando o caos que todos nós vimos desde sábado, 10 de julho.

No sábado, 10, e domingo, 11, estive no prédio do Setap, relatando aos diretores do sindicato, o transtorno que assomava estudantes e trabalhadores. Sugeri que, durante uma semana, os usuários tivessem o ingresso nos ônibus franqueado pelas empresas, até  a normalização do atendimento. Ironicamente, os diretores das duas maiores empresas de transporte, e também as que menos respeitam o usuário, foram contra a proposta.

Na segunda-feira, 12, fui ao prédio do Setap como ultima tentativa de fazê-los compadecer da multidão que sofria do lado de fora, numa quilométrica fila. Com exceção do gestor do SBE/MCP, arquiteto Artur Sotão, e do presidente Paulo Dartora, nenhum outro diretor do Setap compareceu ao sindicado naquele dia.

No mesmo dia, ao ver diante de mim o desrespeito brutal a que eram submetidas milhares de pessoas, percebi que não podia compactuar com aquilo, sob pena de ir contra minha consciência e todos os princípios que construí ao longo de minha trajetória profissional, e mesmo de cristão e de maçom que sou. Sequer encontrei um diretor do Setap para, fitando nos olhos, entregar meu posto de trabalho. Não tive outra alternativa, a não ser formalizar meu pedido de demissão por meio de documento e através de nota veiculada em alguns veículos de comunicação.

Agradeço a todas as manifestações de solidariedade que recebi desde então, inclusive do próprio prefeito Roberto Góes, que através de um programa radiofônico e também por telefone, disse reconhecer minha luta e convidou-me para me juntar à equipe que vai retomar o Sistema de Bilhetagem Eletrônica para o poder público municipal, conforme a legislação preceitua.

Honra-me o convite e mais ainda, a nova oportunidade que terei de lutar pela implantação de um sistema que respeite o usuário, que satisfaça o cidadão e garanta ao contribuinte a utilização adequada de seus tributos. Tenho certeza que o prefeito Roberto Góes, ao retomar para a prefeitura a bilhetagem, garantirá um passe forte.

  • Cada vez mais eu me convenco que a maioria desse povo daki nao gosta de tecnologia. Esse controle do Setap, Escolas e Governo, eh brincadeira heim !! Estamos voltando ao tempo das cavernas e do tacape ! Serah q ja inventaram a roda??! ja?

  • Pingback: Jennifer Aniston Revisits the Set of Friends! The Ellen DeGeneres Show

  • FABIANA , A TUA INDIGNAÇÃO É LEGÍTIMA, MAS NÃO VENHA DESTILAR TEU VENENO CONTRA O POVO TUCUJU, NÃO JOGUE A ÁGUA DA BACIA JUNTO COM A CRIANÇA.TODOS OS MACAPAENSES ESTÃO REVOLTADOS COM ESSE DIRESPEITO.NÃO SOMOS UM POVO MARCADO, NÃO TEMOS UMA VIDA DE GADO E NÃO ESTAMOS FELIZ COM TODA ESSA PILANTRAGEM.

  • Valeu Renivaldo. A culpa não é sua nem do Setap muito menos do prefeito. Quem usa Busu merece sofrer mesmo. Convoquem esse povo pra um protesto, ninguém que ir, sinal de que tudo tá bom. Por isso que o amapá é uma abstração. Ninguem existe!!!!!

  • Renivaldo!!! agora que tu viu isso? e quando tu caçava as velhinhas por usarem os passes dos seus filhos para se movimentar? tu foste um leão de chácara desses caras, agora tu virou anjinho? vou comprar um anda já pra ti.

  • O sr. Renivaldo Costa já devia ter pedido o boné há muito tempo. Ele fazia defesa intransigente do SETAP e, inclusive, tinha um programa numa emissora de rádio com o sr. Pedro da Lua em que rezavam na defesa canina da cartilha dos proprietários de empresa de transporte coletivo. Possava de xerife do SETAP e atacava estudantes e todos aqueles que se manifestavam ou teciam críticas aos donos de empresa. Mamou nas tetas do SETAP durante muito tempo, e agora destila críticas e é um fervoroso defensor da intervenção, pois agora descobriu que os empresários eram os lobos maus dos transportes. Puro cinismo!

    Agora venderá seus serviços para a Prefeitura de Macapá e já tá assumindo cargo, atacando os donos de empresa e tecendo loas ao sr. prefeito. Homem venal e que não tem a mínima decência de deixar passar uma transição de pelo menos um mês para poder assumir cargo na Prefeituta, pois defendia interesses opostos. Eticamente deveria assumir essa postura.

    Agora será o xerife das carteirinhas de passe escolar. Não demora muito para sair brigando e atirando em todo mundo.

  • É de dar dô dos muitos usuários deste meio de transporte.É precário,deixa muito à desejar p/um estado que cresce populacionalmente a cada dia.Falta concorrência e vergonha na cara p/os donos dessas empresas de onibus.Total desrespeito com os usuários que enfrentam filas homéricas p/adquirir o cartão.Sem contar que é uma tarifa cara,pq em outros estados com um serviço de boa qualidade(busuns com ar condicionado,acesso fácil à cadeirantes,etc.),as tarifas são de 2 a 3 reais p/distâncias 3xs maior que aqui.Outro dia passando ao lado de um desses coletivos lotados,o son estava tão alto que o chão trepidava.Putz! imaginei o sufôco e agonia dos usuários.Na zona sul do Rio de Janeiro isto é proibido e p/os coletivos que é permitido o son deve ser ambiente,baixo e se alguém se sentir incomodado o piloto tem que desligar,isto é fato.

  • Se o prefeito Roberto Góes quer realmente moralizar o sitema, não pode de maneira nenhuma recolocar o sr. Renivaldo de volta, com todos os seus vícios, desacertos e desrespeito com que ao longo do tempo vem demosntrando em relação á população.
    Prefeito. Repense esse convite. Nós usuários de transporte coletivo da cidade de Macapá penhoradamente agradecemos.

  • Se alguém ver o sr. Renivaldo Costa por aí ajudem-no a atravessar a rua.rrrrrrr. Levou dois anos para descobrir a bandalheira que é esse setor em nossa cidade? Defensor dos frascos e dos comprimidos va lá, porém, do povo! Tô pra vê! Espia só o convite que ele recebeu prá entregar parte da coisa fétida! Isso não vai dá em nada e o povão vai continuar ferrado com esse sistema corrupto. Se os empresário abrirem o bico talvez só o Frota escape. E os caras da UECSA? Essa entidade que deveria defender os enteresses dos secundaristas está atrelada ao setap há anos.

  • Como usuária terminante desse transporte( um dia encontro a cura pra esse mal..compro meu carro) achei uma palhaçada e uma falta de respeito conosco, pois, o bloqueio das carteiras fez com que passassémos maior constrangimento, quando ao passar a carteira na catraca do ônibus o mesmo acusou, puxa vida já faço maior sacrificio para ´´encher“ a carteira, por não ter o dinheiro todo dia…pura falta de rspeito mesmoo. E mais, o senhor renivaldo dizer q esse sistema é arcaico faça-me favor, mas fácil e prático era o sistema q existia, como mencionei acima colocaria o crédito de uma vez e pronto, ficamos despreocupados. Daí se honrar de um convitizinho desses…isso sim é retroceder.

  • A mesma forma de governo,governou o MARANHÃO 40 anos é a famosa HARMONIA entre os poderes uma relação promíscua entre os poderes onde quem sofre é a população,esse ano teremos o poder de mudança,mas o povo tem os governantes que merecem, quando o povo vai resolver reagir esses desmandos que virou constantes em nosso estado retrogado e saqueado pelas elites,que a cada dia trocam os carrões enquanto a população está perdendo até o direito de andar de ONIBUS,até quando ?

  • Temos que admitir que ele usou bem sua formação de Cientista Social para escrever essa carta, deve ter sido alundo da Surpeti, pq é bom disso! MAs francamente, isso é a maior palhaçada que já vi, mas aqui camaradas não é hora de brigar entre a gente, é hora de unir forças e não deixar isso acontecer! Pq no ato contra o aumento da tarifa, na presença da vice prefeira e da EMTU ele defendeu mais uma vez o direito dos empresário! Então faça-me o favor, vai querer chamar a gente de mais burro ainda?

  • Colocar passes antecipadamente no cartão magnético ou pagar a meia passagem na hora que estiver no ônibus, tanto faz. Eu quero é serviço de transporte coletivo melhor, pois é uma sacanagem o que as empresas de ônibus fazem. Deveriam colocar mais ônibus (novos) nas ruas,porque muita gente espera horas e horas por alguma linha para ir pro seu trabalho, escola, faculdade, casa.
    Sacanagem maior ainda é essa do SETAP bloquear todas as carteiras sem um aviso prévio em meios de comunicação.
    O transporte público de Macapá tem muito é que melhorar.

  • NA HORA QUE A COISA FICA MAIS PRETA E AS PESSOAS MAIS PRECISAM DE TI RENIVALDO, TU PEDE PRA SAIR. SAI DE VEZ ENTÃO, TIPO, DE TUDO, NUM APARECE NEM EM RÁDIO, TV, EM MANIFESTAÇÕES, EM NADA VALEW! ¬¬

  • O que houve é muito fácil de ser entendido, tenho certeza que o Renivaldo já sabia que o MP definir que o sistema de bilhetagem deveria ser responsabilidade da Prefeitura!
    Ou vocês acham que ele realmente ia pedir demissão? Não tão fácil. Ele já estava com o empreguinho dele garantido na prefeitura…

  • É Muleke tu é esperto!! passado na casca do alho, Banha de catita foi pouco pra ti, né bunitinho? Tu viu o barco afundando pegou teus panos de bunda e vazou! Dez pra ti !! E agora se achando o Rei da moralidade quer garantir o teu espaço no Desgóesverno !! Tá certo, Vai meu Mano, mas não esquece ratoeira foi feita pra Rato!! Tu vás arder no marmore do inferno !!

  • Eita povinho burro. Pombas, o cara era um simples assessor de comunicação, e não presidente do Setap, como disse a Alcilene.

  • PASSE FORTE !!
    voces ainda vão ouvir muito falar deste nome.

    PENSE NUM LUGAR BONITO !!

    PENSE NUM PASSE FORTE !! (tudo igual so muda o endereço)

    O povo não é trouxa!!(mas adora fila)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *