Carros alugados. De quem são?

Chegam notícias ao blog, de várias fontes e várias informações, de que há uma farra em carros alugados, inclusive  de gestores e parentes de gestores.

Para dar transparência a esse assunto, sempre cheio de nebulosas em formato de “cooperativas”, cujos cooperados nunca trabalharam no ramo de aluguel de carros, o governo deveria colocar no Portal da Transparência o nome dos donos dos carros, já que o pagamento vai pra eles, ficando as cooperativas  só uma taxa.

Tem gente que comprou carros só para alugar para o governo. Ou seja, o estado financia a própria prestação do serviço por qual ele paga. E ainda aumenta o patrimônio dos locadores.

Não precisa queimar filme com isso, gente.  Gestor fazendo troca de favor com aluguel de carro é tosco.

  • Isso é o Governo da Mudança!
    De fato mudam os atores mas a peça continua a mesma.
    É o velho antagonismo entre o que se diz e o que se faz.
    Por isso admiro a Direita que não se utiliza dos artifícios da mentira para atingir seus objetivos.
    Todo mundo sabe como se comportam os partidos da Direita política nacional, já em relação aos da Esquerda estes ninguém em sã consciência pode acreditar.

  • Quando descobriram isso na Assembleia foi aquele “bafafá” e o GEA repetindo? por que não compra os carros? pelo menos é patrimônio incorporado ao estado, usa e depois vende, como acontece em outros estados. Fico chateada é que aqui no Amapá tem muita pessoalidade nas relações e isso atrapalha demais.

  • Isso já acontecia no governo do Capiroto e creio que também no da Harmonia… e fica o ditado: transparência no fiofó dos outros é refresco!

  • ué max,não foi vc que comentou que a vice governadora pode aproveitar já que está com a faca e o queijo na mão…e nomear apadrinhados

  • Concordo. Bote tosco! Acho justa a sua sugestão de colocar o nome dos proprietários no Portal da Transparência.

  • Ê governo da mudança batuta, cabidão de emprego, caixinha de aluguel de carro, que, mais vai aparecer, melhor, continuar acontecendo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *