Capi recebe da Câmara o prêmio Transparência e Fiscalização Pública 2019

 

Brasília, 21/11/21019 – O ex-senador e ex-governador do Estado do Amapá (AP) João Capiberibe (PSB) recebeu, nesta quinta-feira (21), o Prêmio Transparência e Fiscalização Pública 2019, na Câmara dos Deputados, concedido pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle. A indicação foi feita pelo líder do PSB na Câmara, Tadeu Alencar (PE). A premiação tem como objetivo reconhecer e homenagear o trabalho das entidades e pessoas com atividades fiscalizatórias.

“Esse prêmio nos faz um bem danado! Nós estamos vivendo um momento de ruptura entre governantes e governados, um momento de profunda descrença da sociedade nas suas lideranças e nas suas instituições. Mas esse prêmio valoriza a política, e quando valoriza a política, valoriza a democracia”, destacou.

Gestão Compartilhada – Capi propõe avançar: “Mas nós precisamos dar um passo adiante, implementando uma Lei que está no Plenário dessa Casa. É o PL 9617/18, que institui a gestão compartilhada e que permite o acompanhamento de obras, serviços públicos e compras governamentais por cidadãos e cidadãs organizados por meio de aplicativos”, acrescentou.

A Lei de Transparência obriga a divulgação de todas as receitas e todas as despesas do poder público na Internet, sem restrição de acesso, permitindo a fiscalização por qualquer cidadão.

Cidadania – O presidente do PSB, Carlos Siqueira, disse que a premiação a João Capiberibe é motivo de orgulho para o Partido: “Transformou essa luta numa Lei, que está em vigor e que está funcionando. Com isso, ele levou o Partido Socialista Brasileiro a carimbar como sua a transparência dos orçamentos públicos do nosso País. O que é um instrumento de fiscalização extraordinário para a população, para que ela, além do voto, possa exercer a sua cidadania política fiscalizando os diferentes governos e órgãos públicos do nosso país”, esclareceu.

O deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP) representou o líder do PSB e lembrou que o ex-senador inovou ao colocar um outdoor na cidade com as prestações de contas da prefeitura, quando era prefeito: “É muito importante para o nosso Partido ter um parlamentar que propôs a Lei da Transparência, que hoje fez do Brasil um dos países mais transparentes do mundo”, destacou.

Também participaram do evento o presidente da Fundação João Mangabeira, Ricardo Coutinho, a ex-deputada Janete Capiberibe e o deputado federal Gervásio Maia (PSB-PB).

Premiação – O Prêmio Transparência e Fiscalização Pública é dividido em dois grupos: governamental e sociedade civil. O socialista foi indicado na categoria sociedade civil, que se destina a melhor experiência de fiscalização da administração pública realizada por pessoa, entidade ou conjunto de entidades. Na categoria governamental foi agraciado Weber Dias Oliveira, controlador-geral do município de Contagem (MG), responsável pelo empenho na transparência da gestão municipal.

Texto: Moreno Nobre  – Liderança do PSB na Câmara

Fotos:

premio_capi_grupo – Vinicius Loures/Agência Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *