• É aquilo que vemos todos os dias. “Não tem dinheiro pra comprar comida, mas tem dinheiro pra ir pra boate”. Se decretou emergência na saúde remaneja todos os recursos pra lá. Se a polícia tá um caos, 2,5 milhões vão fazer falta. Ou então a situação não é tão dramática como alardeiam.

  • Será possível que esta sangria de nosso dinheiro nunca vai acabar.
    As escolas de samba tem que fazer churrasco, bailes, festas shows o ano inteiro para angariar recursos e bancar seu seu desfile no carnaval.
    Esta situação tem que acabar, temos que dar um ponto final.
    A SECULT que vá atrás de recursos junto aos comerciantes do Amapá ou acessar doações do ministério da cultura nacional para fazer carnaval no Amapá.
    do meu bolsa não. Ouviram?

  • Desde 1995 (Gov.Capi) sempre fui contra esse desperdício de dinheiro público. Mas a população não entende assim, até porque para ela, isso “gera emprego (por três dias) e renda”. De matar, não…? Percival Muniz, prefeito da progressista e muito industrializada cidade de Rondonópolis-MT suspendeu um repasse de RS:1.000.000,00(hum milhão de reais) para a organização do carnaval/2015. Preferiu aplicar esse montante na ampliação do Hospital da Criança. A população aplaudiu. (Fonte: folhamax.com.br). Repito: mas isso é em Rondonópolis, terra da produção, da industrialização, da exportação, do agronegócio, etc. Será que por estas bandas a população deseja mudar esse quadro, ou prefere deixar tudo como sempre está…? Muito triste tudo isso.

  • Ah! O Governador do Distrito Federal Rodrigo Rolembergue também suspendeu os repasses para o carnaval/2015 de Brasília. Algo estimado em RS:4.000.000,00(quatro milhões de reais). Motivo: falta de recursos para atender as áreas essenciais.

  • Sempre fui contra esse tipo de investimento. As escolas de samba e blocos carnavalescos nada fazem para fomentar o carnaval. Sò esperam pelo governo todos os anos, parece urubu em carniça. Em 2003, quando o Waldez assumiu pela primeira vez o governo estadual, ele tomou a dura decisao de nao financiar o carnaval amapaense daquele ano, acho que ele deveria tomar a mesma decisao este ano. O povo iria apoia-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *