Banco de Leite Humano estende rota de coleta ao município de Mazagão

 

O Banco de Leite Humano (BLH) atua apoiando, promovendo e protegendo o aleitamento materno no Estado do Amapá. Por conta da pandemia, a captação desse alimento fundamental na recuperação e nutrição de muitos bebês prematuros ou que apresentam baixo peso e seguem internados em UTI neonatal, apresentou queda significativa. O BLH, então, precisou estender a coleta de leite para onde houvesse oferta.

O leite materno é o alimento mais completo para bebês nos seis primeiros meses de vida, uma vez que é o componente alimentício que apresenta múltiplos benefícios essenciais para suprir todas as necessidades nutricionais e imunológicas do bebê. Nem todos os bebês podem ser amamentados ao nascer e então, nessas situações, o banco de leite atua diretamente.

No final do mês de março deste ano uma mãe do município de Mazagão, com produção de leite excedente, entrou em contato com a coordenação do BHL para verificar a possibilidade de doar. A equipe a cadastrou como doadora e ainda no mês de abril mais duas mães próximas a ela também manifestaram interesse em doar. Anteriormente a solicitação dessas mães, as coletas domiciliares eram realizadas apenas em Macapá e Santana, mas por conta da oferta existente em Mazagão, houve alteração da rota.

De acordo com Darcineyde Alves Dias, psicóloga coordenadora do Banco de Leite, as três mães juntas doam aproximadamente 10 litros de leite materno que reforçam semanalmente o estoque.
“O Banco de Leite Humano segue superando os desafios em meio à pandemia e visando sempre oportunizar que mais bebês tenham acesso ao leite humano e a um melhor começo de vida”, reforçou a coordenadora do BLH.
A equipe da rota de coleta domiciliar busca as doações toda sexta-feira e deixa um kit de captação de leite para as doadores. O kit é composto por dois vidros, gaze hospitalar para higienização das mamas, touca, etiqueta e dois saquinhos para proteção dos recipientes que armazenam o leite materno.
Critérios para doar:
Estar saudável e se sentindo bem;
Ter excedente de leite;
Comprovar testagem negativa para HIV, sífilis, hepatite B e C;
Se for em casa, deve possuir um congelador para armazenamento do leite.

Como entrar em contato com o Banco de Leite Humano?

O Banco de Leite Humano, que funciona 24 horas, fica localizado na esquina da Avenida FAB com a Rua Jovino Dinoá, no bairro Central. É possível entrar em contato através do número (96) 98115-9018, que também é WhatsApp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *