Bancada amapaense recomeça ofensiva no STF pela votação do Plano Collor

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), e os deputados Evandro Milhomen (PCdoB), Luiz Carlos (PSDB), Davi Alcolumbre (DEM) e Vinicius Gurgel  reuniram-se nesta quarta-feira (02) com o Ministro do STF, Gilmar Mendes.

A reunião foi mais uma ofensiva da bancada do Amapá para que o STF coloque com celeridade na pauta de votações do Supremo o processo referente ao Plano Collor. Gilmar Mendes é o relator do processo que envolve os servidores do Estado do Ceará e consequentemente se aplicará aos servidores do Amapá.

 

Com a conclusão do processo da AP 470, conhecido como o Mensalão, a pauta de julgamentos do STF poderá voltar a analisar diversos processos que constavam como prioritários na pauta de Julgamentos. “O Plano Collor está entre essas prioridades”, disse Gilmar Mendes aos parlamentares.

Para o senador Randolfe,  após o encontro ficou a certeza de que em breve Gilmar Mendes apresentará seu relatório e colocará para análise do STF esse processo.

bancada


Gisele Barbieri

  • Que legaaaallll!!!! E pra completar eles vão dizer que pra continuar correndo atrás do plano collor terão que se reeleger!
    Papo furado!!!!!

  • Estamos às vésperas de mais uma competição política eleitoral, e os nossos “grandes” parlamentares já começam armar suas falácias e investiduras ações políticas pra cima de os juristas brasileiros, no sentido de que possam acelerar os julgamentos pendentes em pról de os sofridos trabalhadores brasileiros. Já não bastassem as ardorosas lutas quase que verdadeiramente mendigas que nos SINDICALISTAS pedem e que de maneira humilhante somos atendidos muitas vezes raivosamente por parlamentares descompromissados com causas de todos os barnabés do Brasil, se não vejamos duas pífias reivindicações:

    1- Situação dos servidores dos ex- territórios e derivações.
    2-) Plano Collor e derivações, que está deixando servidores mutilados.
    3-) Miseráveis aumentos salariais propostos e aceitos por servidores, e nenhum parlamentar mete o seu bico e reivindicar melhorias salariais junto ao executivo.
    4-) Etc,,, Etc… e Etc…

    Agora, demonstram interesses coletivos em defesa de servidores desesperados em esperar soluções possíveis paliativas.

    FIQUEMOS TODOS DE OLHOS BEM ABERTOS. O ANO É DE ELEIÇÕES!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *