Assembleia Legislativa aceita pedido de impeachment contra Waldez Góes

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Moisés Souza, vazou, ontem à noite, que dois pedidos de impeachment contra o governador Waldez Góes serão lidos na sessão de hoje. Os pedidos são por causa de antecipação duodecimal.

Detalhe: A antecipação duodecimal foi feita a pedido da própria Assembleia Legislativa. Leia aqui http://selesnafes.com/2015/11/duodecimo-documentos-comprovam-que-alap-solicitou-antecipacoes/

A conferir esse bafond. Pra ver se não é só pressão para que o governo repasse o duodécimo sem descontar o que já foi antecipado.

  • Então que amigos são esses? A ALAP solicitou a antecipação de créditos do duodécimo e, então, fez biquinho quando no último mês foram abatidos os valores repassados a maior nos meses anteriores. E, agora, abre votação para IMPEACHMENT, justamente por antecipação de duodécimo. Isso é piada que só é contada no Amapá. Esse estado é uma piada pronta.

  • que tal se todos da ALAP também se “impeachmentarem”?

    e livra o Amapá de dois problemas de uma vez só: desse governador irresponsavel e dos sínicos deputados.

  • É hora de parar com a brincadeira, e começar a trabalhar sério pelo Estado, pois tem pessoas clamando por cirurgias e comprando medicamentos nos hospitais, tem que parar o discurso da promessa é começar a executar o povo quer ver ação.

  • Isso é absurdo!! A Assembléia Legislativa do Amapá não te moral pra tamanha cobrança. Pasmem! O deputado Moisés Souza falou hj que realmente a AL solicitou a antecipação do duodécimo, mas solicitou com base no contingenciamento de recursos. Segundo ele o estado estava arrecadando a mais, logo, queria repasse a mais tambem para a AL. Absurdo!!

  • Se a relação historicamente fosse permeada pela legalidade, honestidade, compromisso com a melhoria da vida do povo, isso jamais ocorreria. É querer muito! kkkkkkkkkkk

  • É muito real envolvido, não vai dar em nada, ou melhor vai pingar mais dinheiro pro ilustres deps, com o real o amor volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *