Arte e cultura. Prefeito Clécio Luís recebe livros do projeto literário Coleção Letras de Ápacam e prepara lançamentos de novos Songbooks do Projeto “Mestres da Música”

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, recebeu do poeta Joãozinho Gomes os primeiros livros impressos do projeto literário Coleção Letras de Ápacam, idealizado e coordenado pelo poeta Joãozinho Gomes e pelo sociólogo João Milhomem. As obras editadas e reeditadas são de autoria dos escritores Manoel Bispo, Alcy Araújo e Isnard Lima, os dois últimos já falecidos.

Prefeito Clécio e o curador do projeto, poeta Joãozinho Gomes

A Coleção Letras de Ápacam tem o objetivo de editar e reeditar as obras dos poetas-pioneiros, classificados como poetas modernos que, na década de 1960, atuaram de forma definitiva para o desenvolvimento e engrandecimento da literatura amapaense. O encontro aconteceu no Palácio Laurindo Banha, no fim da tarde desta terça-feira, 11, e estiveram presentes os idealizadores do projeto, a diretora-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Marina Beckman e o músico Alan Gomes.

Livro Autogeografia

Em um dos momentos da reunião, Clécio fez uma chamada de vídeo para mostrar o material e comunicar a novidade para o escritor Manoel Bispo e para os familiares de Alcy Araújo, representados pelas filhas Alcinéa e Alcilene Cavalcante. Não conseguiu contato com os familiares de Isnard Lima, mas continuará tentando nos próximos dias.

Obras Completas de Manoel Bispo

Clécio destacou a importância do momento para a gestão e para a cidade de Macapá. “Nós acabamos de receber os primeiros exemplares do projeto literário Letras de Ápacam. O termo significa Macapá ao contrário, que está publicando ou republicando obras de escritores amapaenses e tem o propósito de revisitar as nossas obras literárias, como o Seiva da Energia Radiante, de Isnard Lima, Autogeografia e Ave-Ternura, de Alcy Araújo. Ave-Ternura é inédito e do autor que ainda está vivo, o Manoel Bispo, que preferiu fazer a sua Obra Reunida. O material está lindo, gostoso de manusear, de ver, ler e viajar na literatura amapaense, com uma qualidade jamais vista”, ponderou o prefeito.

“Que Maravilha! Estou emocionada, os livros estão lindos. O Ave-Ternura eu amo e era um sonho meu que ele fosse publicado”, comentou a jornalista Alcinéa Cavalcante. “O material ficou lindo, estou muito contente e agradeço a gentileza e o trabalho da Prefeitura de Macapá em valorizar o nosso trabalho”, destacou Manoel Bispo. “A Prefeitura Municipal de Macapá entrega à comunidade literária e à toda comunidade amapaense parte do mais valioso documento literário da sua história, por entender que a elas pertence tão precioso legado”, pontuou o poeta e compositor Joãozinho Gomes.

Nesta primeira etapa, serão lançados os seguintes títulos: Ave-Ternura e Autogeografia, do poeta Alcy Araújo; Seiva da Energia Radiante, do poeta Isnard Lima; e a Obra Reunida, do poeta Manoel Bispo.

Livro Autogeografia

Prefeitura de Macapá prepara lançamentos de novos Songbooks do Projeto “Mestres da Música”

A Prefeitura de Macapá dará continuidade ao projeto intitulado “Mestres da Música” com lançamentos de novos Songbooks. É uma iniciativa da gestão municipal, coordenado pela Fundação Municipal de Cultura, voltado aos principais melodistas e apreciadores da música, estudantes e pesquisadores. O prefeito Clécio Luís recebeu o diretor artístico do projeto, Alan Gomes, na noite desta terça-feira, 11, no Palácio Laurindo Banha, com a finalidade de socializar informações sobre a continuidade do trabalho.

Alan Gomes e Marina Beckman

De acordo com o prefeito Clécio Luís, o projeto faz parte de uma coletânea composta por quatro livros de personalidades amapaenses e que servirá de registro para as próximas gerações. “Essas obras não são só do Amapá, mas do mundo. São trabalhos dos mestres Nonato Leal, Amilar Brenha, professor Tiago e Oscar Santos. Estão sendo registrados para que os próximos músicos tenham acesso e possam difundir o conhecimento e a cultura produzida no estado”, destacou.

 

Alan Gomes ressaltou sobre a relevância do material à população local. “Um produto de extrema importância para a cultura amapaense, que irá guardar e eternizar as obras desses grandes compositores. Na verdade, isso faz parte de uma coletânea denominada ‘Mestres da Música’. Começou com o professor Nonato Leal. O próximo será do Amilar Brenha. Em seguida, teremos do mestre Tiago e do mestre Oscar Santos. Sendo que a obra do mestre Oscar é muito grande. Então, nós estamos tendo o cuidado para lançar todo o material dele. Estamos com muita expectativa por esse material, pela importância histórica, e as pessoas precisam valorizar os nossos heróis, pois todos eles são importantes para a cultura amapaense”.

 

A diretora-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Marina Beckman, também esteve presente na reunião. O lançamento do projeto aconteceu em julho do ano passado, quando o mestre instrumentista Raimundo Nonato Barros Leal recebeu a 1ª edição do Songbook, composta por 10 partituras autorais do músico e também ganhará, em breve, uma versão digital, bilíngue e com mais 12 composições inéditas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *