Após denúncia de pacientes, Promotoria da Saúde inspeciona Pronto Atendimento Infantil de Macapá

O promotor de Justiça, titular da Promotoria de Saúde, André Araújo, realizou a inspeção, ontem, no Pronto Atendimento Infantil- PAI, após receber denúncias de pais de doentes e de servidores, de que  faltam remédios, equipamentos e estrutura mínima para atendimento.

“Realmente o hospital não tem a menor condição de prestar atendimento adequado, do jeito que está hoje. Não há leitos e, por isso, existe um sério risco de crianças virem a óbito. Imagino que médicos estão tendo que escolher quem irá sobreviver. Por conta disso, vamos recomendar a direção do PAI e a Secretaria Estadual de Saúde (SESA) para que tomem as medidas urgentes para melhorar o atendimento, garantindo os medicamentos e equipamentos que estão faltando”, disse o promotor de Justiça da Saúde, André Araújo.

Pacientes internados nos corredores do PAI

Promotor André Araújo ouvindo familiares de pacientes
Promotor André Araújo ouvindo familiares de pacientes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *