Agora sim.

O Governo do Estado do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS), realizará nesta sexta-feira, 14, às 8 horas, no Salão Nobre do Palácio do Setentrião, assinatura do contrato com o Banco do Brasil para a emissão de cartão Magnético e pagamento aos Beneficiários dos Programas Renda para Viver Melhor e Amapá Jovem.

Isso permite mais de dignidade aos beneficiários dos programas, que estavam recebendo os recursos oficiais das mãos de agentes políticos, como se fosse favor.

  • Essa não era a vontade do governo. O Pedro Paulo só fez isso por exigência do Ministério Público Eleitoral já que essa prática nefasta de personificar no Agente Público o que o Estado faz, dá a idéia de que o político presta um favor aqueles que precisam.

    Em época de pagamento políticos e aspirantes se amontoavam gastando saliva na tentativa de dizer que aquilo era “dado” por eles.

    Espero que nos demais municípios também isso ocorra. Neles que a coisa é pior.

  • Sempre escrevo aqui para criticar atos praticados pela “harmonia” de nosso Amapá.
    Agora, venho parabenizar o governador Pedro Paulo.
    Pedro Paulo você não imagina o bem que fez para estas familias carentes do nosso Estado.
    A Marilia Góes, em entrevista no rádio disse que estes tipos de pagamentos atigem 19 mil familias no Amapá.
    Veja só, tirar as familias da fila, do sol, da quentura dos galpões e do assédio político dos funcionáios que fazem o “pagamento” é na realidade uma benção que eu simplesmente não esperava que aconteceria, pois, a Marilia disse que era “impossível” fazer o pagamento via instituições bancárias.
    Taí, de modo fácil, você PP. na caladinha, surpreendeu todo mundo dando esta boa notícia paras as familias beneficiadas.
    Não sei se a Marilia gostou …
    Vamos esperar, ela dar nova entrevista no Rádio, porque para ela este tipo de pagamento via Banco “era impossível fazer”.
    Não sei se os adeptos da harmonia gostaram dessa notícia boa.
    Bola prá frente, meu caro PP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *