• Nossos valores estão ficando velhos.Espero que uma nova geração fique proxima a luta contra os imbecis da Ditadura.

  • Sou apaixonado pelo Caetano. Pra mim Caetano é que de mais lindo, puro, lirico, louco e vanguardista a tropicália produziu. Alias Caetano concebeu a tropicália, disso não tenho duvida. Amo de paixão Caetano. Seria capaz de tudo para sentir seus braços vigorosos, sua boca carnuda e sua pubis amorenada. Morena, aliás, é o nome da minha menina.

  • meu e mail remete ao pseudonimo de chico na epoca da ditadura para enganar a ditadura. ele é o maior poeta e escritor, para mim, vivo no brasil. caetano tbm é um monstro sagrado, adoro, porem perto de chico buarque ele se torna miudo, principalmente pelas parcerias e opcoes de repertorio dos ultimos anos(cantou com a sandy, e num show repetiu: “…doi um tapinha nao doi, um tapinha nao doi, um tapinha nao doi, so um tapinha…”, sem falar nos comentarios infelizes que adora externar em programas midiacos globais…

  • Os dois foram uns baluarte pela redemocratização do País,lutaram pelas diretas já e votaram como eu 4 vezes no Lula, ele agora está amigado com Sarney & Cia.Lula nunca mais.

  • Incrível como o Caetano vai de Besta a Bestial, consegue façanhas líricas e poéticas de uma grandeza sublime, que contrasta com suas bolas foras, que beiram a chatice, como diriam alguns, Caetano é um “PROFUNDO” imbecil!! Já Chico buarque, que já nasceu grande, hours concours do bom gosto. Como só ele só consegue fazer a leitura de uma mulher, desvendando seus mistérios, se eu fosse definir o Chico, definiria como um ser único, que consegue traduzir a alma da mulher para o caderno, o que dizer de “Quando você me quiser rever. Já vai me encontrar refeita, pode crer. Olhos nos olhos. Quero ver o que você faz. Ao sentir que sem você eu passo bem demais” ou então com sua extrema GENIalidade produzir algo como “acontece que a donzela, isso era segredo dela, preferia amar com os bixos” compondo um verso de Geni. É, Chico Buarque, como se isso tudo não bastasse, ainda emprestou seu sangue, suor, e criatividade, para derrubar o poder dos poderosos. Chico Lutou e Dignificou seu nome na história (talvez a grande história) do nosso país, se fez presente no momento que lhe chamaram em prol de um Brasil melhor e mais justo, não se calou nem se omitiu, nem se conrompeu com a escória que atrasou o desenvolvimento brasileiro, chico engrandeceu o acervo político e cultural, emprestou suas melhores inspirações para o conhecimento público, deixando um legado de extremo amor e bom gosto, que embalaram romances, cultivaram sonhos, e viraram hinos de guerra pro embate na batalha da vida! e pra encerrar uma musica em homenagem a harmonia.. “porque o que eu quero é lhe dizer, que a coisa aqui ta preta”. Rafael!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *