“Nos declarar eleitos é respeitar o voto do cidadão amapaense”

Janete-20100527172534_20100527gnpn17

Brasília, 15/12/2010 – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) discursou hoje, 15, na Tribuna da Câmara dos Deputados, para afirmar sua confiança de que o Poder Judiciário mudará sua própria decisão e garantirá sua diplomação e a do senador eleito pelo Amapá João Alberto Capiberibe. A deputada Janete foi reeleita para a Câmara dos Deputados com 28 mil 147 votos que fazem dela a deputada federal mais votada do Amapá e, proporcionalmente, a mais votada do país. Capi recebeu 130 mil 411 votos, ficando com uma vaga para o Senado. A deputada lamentou que a escolha do povo do Amapá esteja mais uma vez sob risco de ser violada. “Consideramos injusto pagar duas vezes por um crime eleitoral que não cometemos”, protestou.

“Nos declarar eleitos é respeitar a vontade soberana dos cidadãos amapaenses, que nos elegeram em eleições livres e democráticas. Se essa nova cassação vier a se consumar será a terceira na nossa vida política”, afirmou, emocionada, a deputada socialista, que já teve que fugir do Brasil para a Colômbia, o Chile, o Canadá e o Moçambique com sua família por conta dos seus ideais democráticos reprimidos com violência pela ditadura militar.

A deputada lamentou que a condenação que lhes foi imposta em 2004, tirando o senador Capi do mandato em 2005 e ela própria em 2006, resultou de uma armação feita pelo PMDB do senador Gilvam Borges, que ocupou a vaga de Capiberibe. Ela lembrou que o cinegrafista Roberval Araújo deu depoimentos ao Ministério Público Eleitoral dizendo que Gilvam Borges, na época seu patrão, lhe ordenou que comprasse as testemunhas que depuseram contra o casal Capiberibe. A revelação da fraude foi notícia no Jornal Folha de São Paulo, em novembro passado.

João e Janete Capiberibe aguardam o julgamento dos recursos que apresentaram ao TSE e ao STF para serem diplomados nesta sexta-feira, 17, e assim possam assumir os mandatos para os quais foram eleitos pela população do Amapá, apesar da campanha difamatória feita por seus adversários.

“Impetramos recursos no TSE e no STF e esperamos que sejam deferidos em respeito ao eleitor do Amapá e para que possamos continuar acreditando na justiça e na possibilidade de fazer política com honestidade e seriedade, como fazemos ao longo da nossa vida”, encerrou a deputada reeleita.

  • JANETE E CAPI SAO CERTOS QUE SERAO DIPLOMADOS PELO TRE AMAPA ATE O DIA 17 MUITA COISA AINDA PODERA ACONTECER NESSA DIPLOMAÇAO PORQUE FORAM ELEITOS PELO VOTO POPULAR OU SEJA A VONTADE DO POVO PREVALECERA CONCERTEZA PORQUE ESSA ELEIÇAO FOI LIMPA GANHARAM NO VOTO MESMO E NAO NO TAPETAO COMO DESEJA DONA CARMEM LUCIA DO TSE QUE ME PARECE ESSTRANHESA EL ABSOLVER PAULO MALUF E NAO O CASAL CAPIBERIBE SERA QUE ELA ESTA SUBORDINADA A SARNEY E COMPANHIA DESSES AI PODE SE ESPERAR TUDO DE RUIM QUE NADA PRESTA MESMO E SO SUJEIRA E CORRUPÇAO NESSE PAIS CHAMADO BRASIL.

  • O fim de tudo, e a essência de tudo, é o “PODER”. Essa história de dizer que é, em respeito ao eleitor do Amapá, é pura demagogice…

    • 28.147 deputada federal mais VOTADA.
      Onde consiste a demagogia que dizes?
      É uma afronta a estabilidade soberana do voto.
      O entendimento é muito leviano. Pense acima das identificações pessoais, pense como eleitor. Se a maioria quis, é estranho aceitar o fato, seja Janete, Maria,Joaquina,Tereza…

      • Vc deu uma resposta bem acertada à esse Sr. Modigliani, o qual me parece equivocado até com o seu EU.Nossas palavras é reflexo de nosso interior,portanto,pensar o que dessa figura ai.Dizer “tenho pena de fulano”, é um sentimento odioso p/mim,odeio isto,mas esse Sr. é digno de PENA.

        • Oi,tudo bem?Não vi,aqui no blog da Alcilene,nenhum dos defensores da democracia comentar o “Sim” da nobre Deputada Janete ao vergonhoso aumento salarial.Ou “ela” é inquestionavel?Simples assim!

          • Caríssimo, postei que tinha me decepcionado com a Janete pela segunda vez. Realmente enquanto tivemos um aumento de 7,5%, eles se dão um aumento, só de salário, de 60%. Realmente, é um assalto e um tapa na nossa cara ou um soco no fígado. Feliz Natal pra vc e sua família….

            • Sim, agora que se decepcionou 2 vezes, procure saber o que ela fez de bom pelo Amapá, ai julguese deves ou não dar seu voto pra ela na próxim eleição. Sem choro, o voto é sua arma. Feliz Natal pra nós! Porque todos, eu disse todos os deputados foram e não apenas Janete, uns com voto outros com não comparecimento duvidoso coniventes com o aumento abusivo.

              • Caríssimo Zanjo Goulart, Voto nela a muito tempo, e como tal, afirmo posso sim me decepcionar e critica-la, pois sou seu eleitor e confio nela. Quem acompanha um político a tanto tempo, como eu, tenho o direito de criticar, e não somente dizer amém. Agora a terceira e maior decepção foi com os Deuses de Brasilia(tse), vão mais uma vez, desrespeitar a vontade popular. Na camara, o prejuízo não será tão grande,pois a Marcivania poderá fazer um bom mandato, e ela foi fiel ao Camilo, desde o início, mas no Senado, o prejuízo será imensurável… Feliz Natal pra vc tb…

            • Meu irmão
              O meu “post” pretendia,e conseguiu,mostrar a todos apenas uma coisa;99% dos politicos são “tudo farinha do mesmo saco”.E,alem do mais(verifique as horas)até aquele momento ninguem havia se manifestado sobre o “SIM” da Deputada ao aumento vergonhoso.Desde as 10.09hs havia questionado nos “blogs” das “Gurias” o absurdo do voto.Resumindo;Ou lutamos por uma reforma politica ou “ESTES APROVEITADORES” continuarão nos fazendo de trouxas.Feliz festas e que 2011 nos traga muita saude para mantermos a luta por um país mais justo para todos.Saudações fraternas.

          • Eu postei pra você no Blog da Alcinéa. quando li seu posicionamento lá.
            (ctrl c-v)não vou redigir o mesmo, né?!

            DEFININDO BEM AS COISAS.

            Votou sim! Eu acho um absurdo,tenho chance de lembrar na próxima eleição e condenar não votando nela, faça isso se achar pertinente seu voto é dever e lhe dá soberania.

            A questão é outra o que tá ocorrendo é uma ameaça aos eleitores, eu não quero perder meu direito de voto, não posso ficar atado, vou votar e depois não sou respeitado. O que é?! Virou casa da mãe, não posso acreditar que a soberania popular não vale nada, sou povo! Democracia é um regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos (povo), direta ou indiretamente, por meio de representantes eleitos.

        • Equivocado com o meu EU? pelo contrario, estou muito bem com o meu EU…
          Agora, eu não sou estúpido para dar o meu voto pra essa cambada. E mais, anulei meu voto para Deputado. Só tem pilantra…

          • SOBERANIA DO VOTO.
            Eu concordo com sua escolha, votas nulo, né?! Respeite o meu e dos demais.
            Mas certamente uma coisa que não devemos fazer é votar branco ou nulo, senão os outros decidirão por nós.

            ENTÃO AMIGO CALE-SE E ACEITE VOCÊ ABRIU MÃO DE ESCOLHER.

            • Claro, nesse estado o que tem muito é político bandido…
              A política do Amapá, é a política da rapinagem, e só.

          • Isso é demais… Existem pessoas corretas, mas vc não escolheu nenhuima delas! Então, não coloque todos no mesmo cesto!

  • É como um desabafo da Janete! Parece realmente uma teia de conspirações muito bem tecidas com pequenos fragmentos que tornam complexa a resolução do caso, muito conflitante, testemunhas falam e mudam de opinião e novas versões de fatos vão alongando o processo. Estranho, muito estranho… Na verdade não ponho as mãos no fogo por ninguém, mas creio que tudo tá bem manipulado por interesse de entrar no tapetão mesmo. Afinal de contas ser condenado 2 vezes pelo mesmo crime?!

  • O Sr.Modigliani,nunca lutou pela DEMOCRACIA é por isso que ele escreve besteira.Isso não aproveitamento pessoal,portanto não é Demagogia a Deputada foi a mais votada pela 3º vez.Lamentavelmente o uso da palavra Demagogia foi um acinte a limgua portuguesa.

  • Melhor seria para o Gilvan Borges mudar o sobrenome dele para Capiberibe, aí sim ele teria mais prestígio político e não precisaria mais de ganhar eleição no tapetão!

  • G.Borges devia ir caminhando na Rod. Belém/Brasília em agradecimento ao tapetão que se repete. Sandálias da humildade lhe cairiam bem, não tem percepção que maioria não o quer mais como Senador, ele só pode contar com sua cara de pau pra ocupar uma cadeira. SEM NOÇÃO!

  • A Dep. Janete me decepcionou pela segunda vez, a primeira quando perdeu as eleições municipais no debate da TV Amapá, quando o Frota deu um saravá nela e agora, em ter aceitado esse assalto aos bolsos da população, com esse aumento imoral e indecente. Os outros que votaram a favor; Milhomem , Bala e Jurandil. Eita turma que só pensa no seu….

  • Janete Capiberibe não é a deputada que votou no aumento estratosférico de seus próprios vencimentos? Então, tanto faz trocar seis por meia dúzia. Isso é que é TRANSPARENCIA. Aumentar, vergonhosamente, o salário seu e de seus pares, causando um efeito cascata no judiciário, legislativo e executivo, e ferrando ainda mais a população que vive do trabalhado assalariado. Pro trabalhador é íncide do INPC/IBGE. Prás “artoridade” é o IPV, ou seja, “INDICE DA POUCA VERGONHA”. Durma-se com isso!pasmem!

  • Deputada Janete,

    Com sua não diplomação, depois de já ter sido penalizada e ter cumprida a pena injustamente imposta, vejo que todos os princípios da república brasileira estão legados ao descaso por uma justiça ilegítima. Vale contudo a vontade do povo. Isso sim é democracia.

    Paulo Veiga – Promotor de Justiça

  • Ap povo do Amapá,não podemos ficar calados, como pode duas pessoas eleitas pela força do povo, a gora a justiça lhes toma o direiro de assumir suas funções que foram delagadas pela maioria, vejamos que então democracia é esse, onde o direito do povo é subtraído. Será que a justiça é realmente cega? ou tão fazendo a coisa com o dedo de algum politico aliado na outra situação? Camaradas vamos a luta não podemos ficar calados, chega de tanta nganação ao povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.