Governo do Amapá abre chamada pública para compra de alimentos de agricultores e entidades sociais

Em 2022, o Programa de Alimenta Brasil (PAB), dispõe de R$ 1,3 mi para atender 427 agricultores e 181 entidades nos 16 municípios.

O Governo do Amapá lançou duas chamadas públicas – para pessoas físicas e jurídicas – com foco na agricultura familiar.

Os certames são para o Programa de Alimenta Brasil (PAB), que dispõe de R$ 1,3 mi para atender 427 agricultores e 181 entidades nos 16 municípios. O programa, que visa a compra do excedente de produção, é coordenado pelo Instituto de Extensão, Assistência e Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap).

VEJA OS EDITAIS

As chamadas são destinadas à seleção de agricultores e entidades socioassistenciais. Os agricultores interessados devem apresentar os documentos para habilitação no período de 4 a 15 de julho, na sede local do Rurap, em seu respectivo município.

As entidades sociais que pretendem participar do programa devem procurar a Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS), também no período de 4/07 a 15/07.

O PAB substituiu o antigo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com as mesmas regras de compra do excedente de produção, mas com mais transparência.

Apoio à agricultura

De acordo com o diretor-presidente do Rurap, Hugo Paranhos, o programa é importantíssimo para os produtores, pois, é mais uma fonte de renda que vai diretamente para os agricultores.

“Queremos a cada dia incentivar a agricultura familiar e requerer a inclusão econômica e social com fomento à produção sustentável e a geração de renda. Agora ressalto que com o PAB é possível atender muitas famílias que são atendidas pelas associações que recebem os alimentos”, destacou.

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/2906/governo-do-amapa-abre-chamada-publica-para-compra-de-alimentos-de-agricultores-e-entidades-sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.