Arraiá do Povo 2024: Governo do Amapá monta cidade junina cenográfica com elementos da Amazônia

Cidade Junina do Governo do Amapá terá uma ambientação com características da região amazônica

O Governo do Amapá prepara os últimos ajustes da grande estrutura montada para a segunda edição do Arraiá do Povo, que neste ano será realizado no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá. A três dias da abertura oficial, na sexta-feira, 21, a cidade junina une a tradição da quadra junina com a ambientação de aspectos da vida na Amazônia.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO ARRAIÁ DO POVO 2024

A cidade junina conta com dois palcos para apresentação dos grupos, shows nacionais e locais. No espaço também estão sendo montadas arquibancadas para receber o público. Haverá ainda praça gastronômica com comidas regionais, parque de diversões e área de concentração para os quadrilheiros.

A estrutura é composta por uma adaptação de elementos cenográficos do período junino com características da Amazônia. Símbolos como o sertão nordestino, como cactos e a seca, foram substituídos por açaizeiros, representações de rios e embarcações. Entre os destaques estão as casas caboclas, que apresentam uma variedade de cores e nomes como mercadinho, vitaminosa e baiúca. 

“Estamos retomando esse sentimento do arraial como uma grande festa popular com programação simultânea. Enquanto uma quadrilha está se apresentando para um lado, o parque de diversão está funcionando no outro, o show musical em outro canto. O Arraiá do Povo não se restringe mais apenas às disputas de grupos juninos, teremos várias atividades culturais nesse ambiente voltado para receber todos os públicos, da criança ao adulto”, explica a secretária de Cultura, Clícia Vieira Di Miceli.

Arraiá do Povo

Arraiá do Povo 2024 terá 12 dias de evento gratuito envolvendo grupos dos 16 municípios do Amapá. São investidos mais de R$5 milhões para a realização do evento, organizado pelas Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Turismo (Setur), com recursos articulados do Tesouro Estadual e emendas parlamentares articuladas pelos senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues.

A tradição, que chegou ao estado há mais de 80 anos, é um dos festejos mais celebrados pelos amapaenses. A cidade junina foi montada exclusivamente para receber 56 grupos, que participam dos campeonatos municipal e estadual, totalizando mais de 80 apresentações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *