Repiquete no Meio do Mundo

Um blog feito na esquina do Rio Amazonas com a Linha do Equador, no Amapá.

XIV Encontro Nacional de Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais

Alcilene Cavalcante em 15 de setembro de 2014

O Amapá sediou o XIV Encontro Nacional de Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais.

Durante dois dias, representantes dos servidores dos MPs de vários estados, discutiram assuntos ligados aos MPs e seus servidores, assistiram palestras e debateram. O Encontro aconteceu no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, nos últimos dias 11 e 12.09.

XIV Encontro ANSEMP3

Saiu mais uma rodada de pesquisa do Ibope

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

Os números do Ibope mostram que Waldez Góes e Jorge Amanajás caíram. Lucas Barreto, Camilo Capiberibe e Bruno Mineiro, subiram. Mas com pequenas mudanças nos números, em relação à pesquisa divulgada em agosto.

O único número representativo de mudança que a pesquisa mostrou, foi o da rejeição de Camilo Capiberibe que caiu 22%. De 68% em agosto, para 46% em setembro. A queda grande na rejeição de Camilo, pode trazer mudanças na intenção de voto na reta final. E mostra que a rejeição de Camilo não é cristalizada e não é do eleitor, mas fabricada. Ou não caia.

A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica e divulgada hoje pela TV Amapá

Veja os números:

Governo

Waldez (PDT) – 37%. Na pesquisa de agosto tinha 40%

Lucas Barreto (PSD) – 17%. Na pesquisa de agosto tinha 15%

Camilo Capiberibe (PSB) – 15%. Na pesquisa de agosto tinha 12%.

Bruno Mineiro (PTdoB) – 11%. Na pesquisa de agosto tinha 7%

Jorge Amanajás (PPS) – 4%. Na pesquisa de agosto tinha 7%

Genival Cruz (PSTU), continua com 2%.

Décio Gomes (PCB) caiu de 1% pra 0%.

Brancos e nulos – 7%

Não sabe e não respondeu – 7%

Senado

Gilvan Borges – 33%

Davi – 19%

Dora – 9%

Promotor Moisés – 7%

Não consegui anotar os números dos demais candidatos.

 

Parabéns Amapá

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014
Foto: Juvenal Canto

Foto: Juvenal Canto

Ibope

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

TV Amapá deve divulgar hoje, nova rodada de pesquisa do Ibope.

Pode roer a unha aí.

Um príncipe na minha vida

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

Gabriel, o nosso baby, Biel para os primos e amigos, faz hoje 18 anos.

Somos felizes por tê-lo. Muito felizes. Do jeitão e do jeitinho que é.

Carinhoso. Inteligente. Responsável. Sério e espirituoso. Verdadeiro e solidário.

É acadêmico de Designe de Games, sabe o que quer e pavimenta direitinho o seu caminho. Que com a proteção e as bênçãos de Deus, o levará a felicidade e as conquistas dos sonhos e objetivos.

Feliz Aniversário, filho. Que seu dia seja de alegrias. Que os Anjos do Senhor te cerquem em todos os momentos da vida. Que não te falte, jamais, o amor. Que teus dias sejam de saúde pra enfrentar as lutas que levam às vitórias.

Deus te abençoe!
Te amamos eternamente e imensamente.

Ele. O tempo!

Biel, um dia desses, assim, no Beto Carreiro.

Biel-BetoCarreiro-06

Outro dia, já assim, em Londres.

Gabriel-Londres-DSC04278

Clécio acompanha os serviços de pavimentação de norte a sul de Macapá

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

O prefeito de Macapá, Clécio Luiz, passou a sexta-feira nas ruas da cidade acompanhando os serviços de pavimentação que estão sendo executados em parceria com o governo do estado.

Clécio esteve nos trabalhos da rua Mato Grosso, no Pacoval (um antigo problema), que está recebendo 3 km de pavimentação. Foi ao bairro Novo Horizonte, onde está sendo recuperado o centro comercial, com remoção de asfalto velho e de baixa qualidade e colocação de nova camada asfáltica. E acompanhou o andamento dos serviços de pavimentação da Avenida Remo Amoras, no bairro do Muca.

clecio-1

clecio-2

13 de setembro

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

Foi legal sair do trabalho ontem e ouvir os tambores de uma Banda Marcial, que ensaiava com alunos que participam do desfile de 13 de setembro hoje no Sambódromo.

Parei na calçada e como foi bom ouvir aquele som. Aquelas batidas que tanto me divertiram. Sim. Eu participava da banda marcial do Colégio.

Estou achando lindo que os colégios do Amapá, de vários municípios, estejam retomando a tradição das bandas marciais. Ensinando música, disciplina, trabalho em equipe, obediência.

Sou saudosista na medida certa. Tenho saudades de coisas bacanas. Gosto de lembrar de sons, paisagens, coisas e costumes, sem achar que elas precisem voltar a ser o que eram. Respeito a inexorável mudança que os tempos trazem.

Mas essa é uma iniciativa que só traz coisas boas a essa juventude que precisa gostar das atividades da escola.

Banda-CA-foto 1

Banda do Colégio Amapaense. Acho que o quarto da fila é o Ricardo Soares, hoje conselheiro do Tribunal de Contas.

Reconhece os outros? Escreve aí

A Caixa Preta do esquema de transporte coletivo começa a ser aberta

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

Acompanhe a repercussão

G1 Amapá

Fraude na prefeitura em 2009 teria dado concessão à empresa de ônibus http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2014/09/fraude-na-prefeitura-em-2009-teria-dado-concessao-empresa-de-onibus.html

Acordo judicial impede licitação para transporte público até 2022, diz CTMac

http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2014/09/acordo-judicial-impede-licitacao-para-transporte-publico-ate-2022-diz-ctmac.html

Diário do Amapá

Diario_o

http://impressos.diariodoamapa.com.br/2014/Set/12/#1

SelesNafes.com

Empresa de ônibus subornou ex-gestores da Prefeitura, diz MPE

http://selesnafes.com/2014/09/empresa-de-onibus-subornou-ex-gestores-da-prefeitura-diz-mpe/

Inscrições para o concurso público do TJAP iniciam na segunda-feira (15)

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

As inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça iniciam no dia 15 de setembro e encerram no dia 15 de outubro. A taxa é de R$ 112,97 para nível superior e R$ 92,97, para nível médio. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site www.concursos.fcc.com.br

Estão previstas 100 vagas para os cargos de técnico e analista judiciário. As vagas são destinadas às treze Comarcas da Justiça do Amapá, além dos quatro Postos Avançados.

Debate

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

Universidade Estadual do Amapá realizou debate entre os candidatos a governador, na noite de quinta-feira.

Os candidatos Waldez Góes e Bruno Mineiro, não compareceram.

PRE/AP processa cinco por convocação ilegal de bombeiros para convenção do PSB

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

A Procuradoria Regional Eleitoral no Amapá (PRE/AP) representou, na quarta-feira, 10 de setembro, contra o ex-comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, Marcelo Corrêa, e o coronel Enéas Rosa. Eles usaram a máquina administrativa ilegalmente a fim de beneficiar a candidatura à reeleição do governador Camilo Capiberibe (PSB). Pela conduta vedada, também respondem ao processo o Governador do Estado, o candidato a vice, Rinaldo Martins, e o Partido Socialista Brasileiro.

Em 20 de junho, o coronel Enéas Rosa, diretor do Centro de Saúde do Corpo de Bombeiros Militar, expediu aviso determinando que os militares a ele subordinados comparecessem, no dia seguinte, à convenção do PSB. Segundo a representação, no meio militar, o “aviso” possui caráter convocatório e significa que todos devem obedecer à ordem, sob pena de punição. Em depoimento, o cel. Enéas Rosa afirmou que o documento foi afixado a pedido do então comandante geral, Marcelo Corrêa.

O PSB e os candidatos Camilo Capiberibe e Rinaldo Martins foram beneficiados com o ato ilegal ocorrido no Corpo de Bombeiros. Para a PRE/AP o ato afetou “a necessária isonomia que se deve preservar entre os candidatos nas eleições”. A penalidade pela prática da conduta vedada é a cassação do registro ou diploma dos candidatos e multa que pode ultrapassar R$100 mil.

Número para acompanhamento processual: 176273.2014.603.0000

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Eleitoral no Amapá

Amapá é primeiro lugar nas vendas do comércio varejista em julho de 2014, segundo a PMC

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2014

O Amapá foi o estado brasileiro que obteve a maior alta nas vendas do comércio varejista, em julho deste ano, em relação ao mês de junho, com taxa de 2,2% no volume de vendas e 3,1% para receita nominal (sem correções financeiras). Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta quinta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com julho de 2013, o Amapá ficou em terceiro lugar, com crescimento de 7,5%, atrás do Acre (13,2%) e de Roraima (10,1%). O secretário de Estado do Planejamento, o economista José Ramalho de Oliveira, avalia que os números da PMC, ao longo de um ano, cujo acumulado nos sete primeiros meses do ano se estabelece em 8%, evidenciam que a economia amapaense está fortalecida, em especial, o setor comércio.

“Não é por acaso que vimos hoje uma transformação positiva no cenário do comércio local, com a abertura e a instalação de grandes empreendimentos no Estado e a expansão de redes de lojas e de supermercados. Isso descaracteriza a especulação que se faz hoje sobre a paralisia da economia local. Do contrário, o Estado não atrairia a atenção desses investidores”, pontua.

Petróleo no Amapá

Alcilene Cavalcante em 11 de setembro de 2014

* Marco Chagas. Geólogo. Professor. Doutor em Gestão Ambiental

Marco Chagas

A 11ª Rodada de Licitação promovida pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) contemplou blocos das bacias marítimas da Foz do Amazonas, alguns destes localizados na costa amapaense.

As empresas Total (grupo empresarial francês), Petrobrás, British Petroleum (britânica) e Queiroz Galvão venceram a maioria dos blocos licitados para pesquisa na Bacia da Foz do Amazonas e diante da possível viabilidade de ocorrência de petróleo e gás têm sinalizado interesse em dialogar com os Governos locais para antecipar oportunidades e prevenções.

O Bloco FZA-M-57 do Setor SFZA-AP1, localizado mais ao norte do setor, em águas profundas da costa amapaense, teve bônus de assinatura no valor de R$ 345.950.100,00 ofertado pelo consórcio vencedor liderado pela empresa Total (40%) e tendo a participação da Petrobras (30%) e British Petroleum (30%). Esse foi o maior bônus pago na 11ª Rodada da ANP.

A ANP, que detém dados históricos de pesquisas da bacia da Foz do Amazonas, estima existência de reserva (ainda não comprovada) da ordem de 14 bilhões de barris de petróleo e 1.132,8 bilhões de metros cúbicos de gás. Em termos comparativos, o montante de reservas do País provadas atualmente é de 15,6 bilhões de barris de petróleo, além de 458,2 bilhões de metros cúbicos de gás natural. Caso as reservas dos blocos da bacia da Foz do Amazonas sejam provadas, a produção do País poderá duplicar nos próximos anos.

Os blocos da costa do Amapá são classificados em termos de localização em: blocos de águas rasas (AR) e blocos de águas profundas (AP). Os blocos de águas profundas são os que apresentam maior expectativa de viabilidade econômica. São blocos afastados da costa (Offshore) que apresentam distância maior que 60 quilômetros da linha de costa e profundidade superior a 3.000 metros.

Um dos maiores problemas a ser enfrentado pelas empresas de petróleo para se instalar na costa amapaense é a vulnerabilidade ambiental dos ecossistemas e a expectativa de benefícios imediatos.

Quanto à questão ambiental, pareceres prévios emitidos pelo Governo Federal apontam lacunas de informações e a necessidade de levantamentos sobre os meios físico, biótico e socioeconômico para compor estudos de impactos ambientais. Além do mais, a região costeira do Amapá é preenchida por Unidades de Conservação de Proteção Integral, o que poderá dificultar a regularização ambiental dos empreendimentos.

A expectativa de benefícios imediatos é sintomática a empreendimentos que exploram recursos naturais em regiões carentes e de alguma forma impõe a necessidade de antecipação de diálogos e formação de competência local para a gestão de conflitos e, principalmente, aproveitamento de oportunidades direta e indireta dos negócios que envolvem a cadeia produtiva do petróleo e gás.

Deu na Veja

Alcilene Cavalcante em 11 de setembro de 2014

Radar On Line

Coluna do Lauro Jardim

A turma de Sarney

Sarney e seus aliados

José Sarney está vendo a hegemonia de seu clã ir para o vinagre no Maranhão. No Amapá, embora tenha desistido de tentar a reeleição por medo de ser derrotado, Sarney continua atuando.

Os principais aliados do peemedebista ostentam fichas criminais de respeito ou, na melhor das hipóteses, episódios para lá de constrangedores.

Na semana passada, Sarney posou para uma foto com sua turma da pesada em Macapá. Ao seu lado, da esquerda para a direita, estão:

* Moisés Souza (PSC), deputado estadual e candidato à reeleição. Como presidente de Assembléia Legislativa do Amapá, foi afastado da cadeira por suspeitas de corrupção;

* candidato a governador pelo PDT, Waldez Góes, preso numa operação da Polícia federal em 2010, acusado de integrar uma quadrilha de desvio de dinheiro da educação;

* Gilvam Borges, do PMDB, tenta voltar ao Senado. Borges, quando era senador, empregou sua mulher e sua mãe no gabinete e justificou a escolha: “Uma dorme comigo e a outra me pariu”;

* Roberto Góes, ex-prefeito de Macapá do PDT, que também foi preso pela PF no exercício do mandato, em 2010, e agora tenta uma cadeira de deputado federal.

Por Lauro Jardim

Vida

Alcilene Cavalcante em 09 de setembro de 2014

Prefeitura de Macapá começa a instalar esta semana mais uma série de semáforos de moderna tecnologia. Serão mais 58 conjuntos, instalados em 58 esquinas de Macapá.

Os conjuntos semafóricos foram adquiridos com recursos de emendas do deputado federal Luiz Carlos, e contrapartida da PMM.

Luiz Carlos elegeu como uma de suas prioridades nesse mandato, preservar vidas através de um trânsito mais seguro.

Mato Grosso. Dinheiro federal que veio pra arrumar essa rua foi roubado duas vezes

Alcilene Cavalcante em 09 de setembro de 2014

Dinheiro roubado. O recapeamento da rua Mato Grosso, uma das mais importantes para o acesso da Zona Norte para o centro de Macapá, está sendo executado com recursos próprios do estado e do município, pela “Operação Verão”.

Os trabalhos iniciaram na segunda-feira, 8, no trecho Avenida Pedro Américo/Ponte Sérgio Arruda, no bairro Pacoval.

Um chefe

Alcilene Cavalcante em 09 de setembro de 2014

Thomas Átila Guedes Sanches, filho dos querido amigos Thomas e Sônia, colou grau no curso superior de Gastronomia, em Fortaleza-CE.

Parabéns ao Thomas pela graduação e pela profissão escolhida.

Thomas-030

thomas-1-015

STJ rejeita recurso de Moisés Souza contra decisão do TJAP

Alcilene Cavalcante em 09 de setembro de 2014

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento ao recurso especial interposto pelo deputado estadual Moisés Souza contra decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJAP) de manter as ações de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP) contra o parlamentar, em 1º grau de jurisdição.

Insatisfeito com a decisão da Câmara Única, o parlamentar recorreu ao Pleno do TJAP e argumentou que a ação de improbidade administrativa em um eventual inquérito civil ou ação civil pública, quando o investigado for presidente de Assembleia Legislativa, deveria ser presidido pelo Procurador-Geral de Justiça.

Antes de dar seguimento parcial ao recurso, o desembargador Luiz Carlos ressaltou que a defesa do parlamentar não conseguiu demonstrar que houve incorreta interpretação da legislação em relação a outros tribunais, posto que a matéria foi objeto de debate no Tribunal Pleno do TJAP.

No STJ, o ministro Castro Meira (relator) sequer conheceu o recurso especial e elencou as razões, dentre as quais, a de que não cabe recurso especial, quando o acórdão recorrido tem fundamentos constitucional e infraconstitucional, qualquer deles suficiente, por si só, para mantê-lo e a parte vencida não manifesta recurso extraordinário.

Não bastasse a ferramenta inadequada para questionar a decisão do TJAP, o ministro do STJ reforçou que a matéria já está pacificada no Supremo Tribunal Federal (STF). “Por fim, a tese recursal não encontra respaldo na Suprema Corte, que, reiteradamente, vem afastando o foro por prerrogativa de função em ações civis por improbidade administrativa”, elencou.

Dessa forma, as ações contra o presidente da Casa de Leis e os demais deputados estaduais seguirão nas Varas Cíveis da Comarca de Macapá, onde tramitam desde 2012, tendo produzido resultados práticos, como o bloqueio de bens dos requeridos, para eventuais ressarcimentos dos danos causados ao erário.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Repiquete é Memória

Alcilene Cavalcante em 09 de setembro de 2014

Prefeito Domício Magalhães e Governador Barcellos, reinaugurando o Mercado (Central ou de Peixe¿). E o J. Ney na cobertura da inauguração.

Mercado-0616

Amapá

Alcilene Cavalcante em 08 de setembro de 2014

Araguary, o rio encantado, como canta Amadeu Cavalcante na música poema de Osmar Jr.

Araguary-JesielOliveira

Foto de Gesiel Oliveira. O professor e Pastor, que viaja e fotografa as belezas do Amapá.