Assembléia Legislativa não vai votar hoje, quinta-feira, os vetos ao orçamento feitos pelo Poder Executivo.

Ontem o governador WG reuniu com os chefes dos poderes e prometeu repassar as instituições o valor do orçamento executado no ano passado, ou seja, colocar no orçamento 2010 o que foi repassado como extra-orçamentário em 2009.

A proposta foi aceita. Menos pela AL.

Os deputados até topam diminuir um pouco, mas querem mais do que o governador WG propõe.

A maioria dos deputados permanece com a posição de derrubada do veto. Mas já tem deputado, que avalia que o trabalho de relatoria feito pela AL ao alterar a proposta orçamentária, foi muito ruim, e pode votar pela manutenção do veto do governador, mesmo tento votado a favor das alterações. Dizem que votaram sem ler, já que o voto do relator foi apresentado na hora da sessão e só havia uma cópia em plenário.

E assim vai….