Senador considera inaceitável tratamento dado às autoridades do Amapá pelo MME

Inaceitável. Essa foi a definição do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) para o tratamento recebido por ele, pelo governador do estado, Camilo Capiberibe, o senador João Capiberibe e os deputados Evandro Milhomem, Sebastião Bala Rocha e Luiz Carlos, no Ministério das Minas e Energia, nesta quinta-feira (01).

Empenhados em resolver o problema da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), o governador, senadores e os deputados tentaram uma reunião com o chefe da pasta, ministro, Edson Lobão, o que não foi possível. Foram então, recebidos pelo secretário executivo do ministério, Márcio Zimmermann que teve de abandonar a reunião antes de seu término alegando uma viagem com a presidenta Dilma.

Durante o encontro as autoridades amapaenses tentaram sem sucesso, fazer com que Zimmermann se comprometesse em enviar uma declaração escrita ao estado referente à proposta feita pelo governo amapaense que busca uma solução para a CEA. Há mais de dois meses que essa proposta foi enviada para o MME, que até hoje não se pronunciou.

 

Segundo o secretário executivo, a carta do governo do estado foi remetida para o Ministério da Fazenda. Isso porque pela proposta feita, a União assumiria o controle da CEA, parte das dívidas e 84,1% da Companhia. O Estado ficaria com 15,8% e as prefeituras, que já são sócias, com o restante. Atualmente, a dívida da CEA é de mais de R$ 1, 5 bilhão. Mesmo assim nenhuma das duas pastas se pronunciou sobre a proposta.

 

No Twitter o senador manifestou sua indignação com o desrespeito ao governador, senadores e deputados presentes. Na tribuna, Randolfe também pretende fazer o seu protesto com o fato ocorrido nesta manhã.

 

 

  • Concordo. Foi no mínimo desrespeitoso o tratamento dispensado ao Amapá e seus representantes pelo pau mandado do Zimmermann.
    Bjs
    Mano

  • Esse sem noção do Zimmermann,tá de brincadeira com nossos politicos amapaenses,p….sacanagem.Independente de quem é quem na politica do Amapá,merecem respeito quando tratam de assuntos em beneficios p/o estado.

  • Esse é o tratamento que dispensam e sempre dispensaram ao Amapá. Acredito no empenho dos Senadores DO AMAPÁ e nos Deputados Federais. As vezes, é necessário eaquecer as boas maneiras pra dizer que o povo da Amazonia NAO É INVISÍVEL. Impressionante como o poder central nao consegue ver as pessoas que moram na regiao.

  • Os “diabinhos” dão conta , de que, os “teleguiados” de Sarney, no MME estavam aguardando a posse do Capí, para federalizar a CEA e nomear o Gilvam para presidir a nova empresa.

  • O Ministério das Minas, e toda a energia do Brasil esta na mão do Sarney e Edison Lobão que são do Norte, se fossem do Sul diriam que era preconceito, o problema que os políticos do Amapá são muito fracos, não mostram serviço, estão sempre encostado com os governos, não questionam, não fazem mobilização, só aparecem quando há fraudes com o pouco que o Estado recebe, o pessoal do Poder central “não está nem ai” para o Amapá, criticam o RJ por lutar pelos royties do petróleo, estão certo estão brigando pelos seus direitos, e o Amapá o que ganha com a mineração, o povo nem sabe, e o ouro quem lucra, ninguem briga por nada, a CEA é uma empresa que serviu para a politicagem e a má gestão por todos os governos que passaram pelo Estado, profundamente endividada, tem que ser saneada sim mas, retirada das maões do Governo do Amapá que não tem competência e passada para a iniciativa privada.

  • gostaria de saber em que ano a nossa querida cea,esta na inadimplencia com a Eletronorte. quais o motivo dessa divida?
    pois creio eu que cada usuário Amapaence pagar suas conta em dia pois ser não pagar cortão o fornecimento de enegia eletrica se o usuário estiver com duas fatura vencidas e ainda tem que pagar uma taxa de religação

  • Caros Amapaenses, nos merecemos mais respeito, isso é pura sacanagem, como pode a bancada amapaense toda unida em defesa dos nosso interesses e esses caras (O MINISTRO E O TAL ZIMERMANN) fugindo da responsabilidade que lhes foram atribuidas, quando nos metemos o pau neles depois saem falando mal da gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *