BÁRBARA LOBATO – Revista Época

 

A data de lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) ao espaço depende, entre outros fatores, da agenda do presidente Michel Temer, que deseja acompanhar o evento na Guiana Francesa. Inicialmente, o equipamento, que terá uso civil e militar, além de permitir a ampliação da banda larga no Brasil, seria lançado na quarta-feira (22), mas uma greve geral na Guiana Francesa frustrou a programação. A expectativa é que o lançamento ocorra em abril.

Os investimentos no satélite, adquirido de uma empresa francesa, passam de R$ 2 bilhões.

Leia aqui