Randolfe, Clécio e Presidente do TST concretizam doação de 120 computadores para Macapá

O Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), o prefeito de Macapá, Clécio Luis, e o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Carlos Alberto Reis de Paula, assinaram nesta quarta-feira (24), o Termo de Doação de 120 computadores, que o Tribunal irá destinar ao município de Macapá. A doação foi articulada por meio de pedido feito pelo Senador Randolfe, em fevereiro deste ano.

Na assinatura do termo, Carlos Alberto Reis de Paula, destacou o peso dessa medida social para minorar os problemas de Macapá. “Estamos felizes em concretizar mais essa doação, fortalecendo a relação entre o judiciário e poder público”, disse o presidente do TST.

 

A prefeitura de Macapá já está providenciando o transporte das máquinas, que está autorizado a partir de hoje com a assinatura do Termo de Doação.  Os equipamentos possuem monitor LCD 17 polegadas, memória RAM de 2Gb e disco rígido de 160Gb.

O prefeito Clécio Luis agradeceu a parceria com o TST e ressaltou a importância da medida para a reestruturação da prefeitura. “Hoje temos equipamentos defasados, e que ao serem substituídos, irão melhorar a qualidade no atendimento dos serviços oferecidos pela administração municipal em vários setores”, enfatizou.

Para Randolfe, a aquisição começa a amenizar uma “terrível herança” recebida por Clécio. “Clécio talvez tenha recebido uma das piores
heranças das capitais brasileiras, com quase 60% da receita pública comprometida. Essa ação do TST vai proporcionar uma modernização nas repartições públicas e a melhoria na oferta de serviços de alguns setores da prefeitura”.

A intenção do prefeito é de que até o final do próximo mês os equipamentos estejam a serviço da população de Macapá.

TST Solidário: O pedido de doação dos computadores, feito por Randolfe, foi autorizado pelo TST em março. A doação de computadores do TST para municípios brasileiros ocorre desde 2008 por meio do programa TST Solidário. O Tribunal repassa a outras instituições, computadores remanescentes da renovação de equipamentos.


Gisele Barbieri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *