Encerra nessa terça-feira (11), o primeiro curso de capacitação do projeto “Mão na Massa”, uma parceria do Ministério Público do Amapá (MP-AP) com a Casa de Acolhimento Lar Bethânia, por meio do Instituto Marcelo Cândia, para ofertar cursos profissionalizantes aos adolescentes em situação de vulnerabilidade social de Santana.

O projeto se materializa através de articulação com instituições públicas e privadas. A empresa O Moinho acreditou no projeto e viabilizou o primeiro curso de panificação para 30 jovens.

Com carga horária de 80h/aulas, o curso prepara os participantes para o ingresso no mercado de trabalho, além de abrir uma oportunidade na própria empresa, que sinalizou a intenção de contratar aqueles que se destacarem.

Hoje no Estado existem mais de 600 padarias e a procura por mão de obra qualificada é grande, o que justifica a escolha do curso e amplia as chances de colocação no mercado de trabalho.

Sugestão de entrevistados:

O coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOP/IJE), promotor de Justiça Miguel Angel.

Promotor de Justiça José Cantuária – um dos idealizadores do projeto

O diretor da empresa O Moinho, Jango Yersin.

Serviço:
O que: enceramento do curso Mão na Massa
Quando: terça-feira (11)
Hora: 10h
Local: Lar Bethânia – Vila Amazonas, Santana