banner1

Nesta quinta-feira, 10, será votado na Câmara de Vereadores de Macapá o Projeto de Lei que dispõe sobre o estatuto que trata da proteção do patrimônio histórico, artístico e cultural do município de Macapá. De autoria do vereador Clécio Luis (PSOL), o PL foi amplamente debatido pela sociedade civil, universitários e profissionais interessados e aprovado por unanimidade nas comissões.

De acordo com o vereador, o Projeto tem como objetivo reconhecer como patrimônio histórico os elementos que identifiquem a cultura da cidade. “Após a aprovação do Projeto bens materiais serão valorizados e preservados, assim estaremos evitando que nossa cultura seja descaracterizado e esses bens destruídos”,fala o vereador.

Na prática depois de sancionada, a Lei permitirá que objetos, lugares, pessoas, conhecimentos, músicas, festas populares, culinária, lendas, fotografias, obras de arte e demais expressões artísticas de Macapá sejam preservados e considerados bens imateriais. “As manifestações populares são os maiores instrumentos de preservação da memória histórica de um povo, é preciso que nós não percamos essa identidade cultural e a aprovação desse projeto é de suma importância para respaldar o registro do bem material tombado e a proteção de nossa memória histórica através dos bens imateriais”, finaliza Clécio.

A sessão está marcada para 9:00, no plenário da Câmara de Vereadores.

Mariléia Maciel

Sharlot Tavares

Assessoria de Comunicação