A Prefeitura de Macapá prestou assistência imediata às famílias que tiveram as casas tomadas por um incêndio, ocorrido em uma área de ponte, próximo à Avenida Setentrional, no bairro Araxá, na tarde desta sexta-feira, 15. Pelo menos 19 famílias estão desabrigadas. No total, 11 casas foram incendiadas. Sete delas tiveram perda total e quatro tomadas parcialmente pelas chamas, segundo informações da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM).

As vítimas estão abrigadas na Escola Municipal Antônio Barbosa, no Santa Inês, onde a Secretaria Municipal da Assistência Social e do Trabalho (Semast) fez o cadastro socioeconômico das famílias, que podem ser contempladas com aluguel social. “Esse cadastro coleta informações para saber se eles atendem às exigências para receber o auxílio por seis meses, equivalente hoje a 325 reais mensais”, explica a titular da Semast, Naldima Flexa.

Muitas famílias perderam tudo no sinistro, como a do estudante de odontologia Juniel Guimarães. “Chegamos do Pará há pouco tempo atrás de oportunidade para melhorarmos de vida. Agora, estamos sem perspectiva. Pleitearemos o aluguel social para conquistar tudo novamente, pois não sobrou nada”.

Além dos bens materiais, muitos perderam documentos, importantes para eventual recebimento do aluguel social. A Semast, com apoio da Secretaria de Estado da Mobilização Social (SIMS), providenciará, em caráter de urgência, a emissão da segunda via dos documentos pedidos, para que as famílias contempladas com o auxílio possam recebê-los o quanto antes.

A estimativa da secretária Naldima é que as famílias seguirão abrigadas na escola por pelo menos uma semana, até que sejam emitidos novos documentos. No entanto, esclareceu que elas já podem procurar imóvel para alugar. A Semast assegurou que toda assistência será prestada enquanto permanecerem na instituição de ensino, com alimentação e água, e atendimento psicológico.

“A população pode ajudar doando roupas e sapatos. Teremos uma pessoa responsável, permanentemente, para receber o que for arrecadado aqui na escola”, informa Naldima. A GCMM disponibilizará ainda uma guarnição para fazer a segurança dos abrigados na Escola Antônio Barbosa.

Júnior Nery

Assessor de comunicação/PMM

Contato: 98127-1559

Fotos: Dayane Oliveira

 


Prefeitura Municipal de Macapá