Do blog Noticias Daqui, de Luciana Capiberibe.

Prefeito de Macapá agride deputado Camilo na Assembléia

Hoje, 02, pela manhã na sala da presidência da Assembléia Legislativa, o prefeito de Macapá Roberto Góes, cassado pela justiça eleitoral, deixou de dar expediente na prefeitura de Macapá e agrediu verbalmente e fisicamente o seu adversário no pleito do ano passado para a Prefeitura de Macapá, deputado Camilo Capiberibe(PSB). Segundo relato do deputado Camilo, corroborado pelo colega também deputado Ruy Smith(PSB), foi assim que o fato aconteceu: Por volta das 9h30min, o deputado Camilo chegou na ante-sala da presidência da Assembléia, quando o prefeito Roberto Góes já estava lá. O deputado Camilo cumprimentou os presentes, inclusive o prefeito que estava lá sentado. Roberto Góes puxou conversa com o deputado e começou a dizer que estava armando para Camilo e disse que ia pegar ele (Camilo), seu pai, sua mãe e seus irmãos – O deputado Camilo respondeu dizendo para fazer o que quisesse fazer – “armação maior do que a que tu fizeste no segundo turno das eleições é impossível”, disse Camilo, ao que Roberto respondeu que havia ganho a eleição. “Tu roubaste a eleição”, disse Camilo – “tu ta la por enquanto, não se sabe por quanto tempo”, completou Camilo – foi então que Roberto Góes se descontrolou, jogou um copo d’água no deputado Camilo e partiu para cima para agredir fisicamente e a ai os deputados Ruy Smith e Cacá Barbosa seguraram ele. “Eu considero isso um embate político e estou tornando público para o caso de acontecer algo comigo, todos saibam quem está por trás”, disse o deputado Camilo Capiberibe. O deputado Ruy Smith se solidarizou na tribuna da Assembléia com o deputado Camilo Capiberibe, “eu lamento o destempero do prefeito em função de que as disputas políticas têm que ficar no debate – essas questões não devem ocorrer quando se trata de pessoas publicas até para manter o decoro do cargo, eu me solidarizo com o deputado Camilo, nenhuma desavença política pode descambar para o destempero verbal e muito menos para o físico, o desrespeito à pessoa”, declarou ao blog o deputado Ruy Smith.

Nota do Repiquete: O blog está a disposição do prefeito Roberto Góes para sua versão sobre o lamentável fato.