PF combate crime de pornografia intanto-juvenil no AP

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (7/2) a Operação Boogeyman*, que visa combater o compartilhamento de
material de pornografia infanto-juvenil através da internet no estado do Amapá. Durante as investigações foi identificado, por meio da utilização de software específico, o local de onde ocorrem os compartilhamentos e
provavelmente onde estão armazenados os arquivos contendo imagens
e/ou vídeos pornográficos infantil-juvenil. Essa prática criminosa vem ocorrendo desde o ano de 2017.


Nesta operação, foi dado cumprimento a um mandado de busca e
apreensão em Macapá/AP. No momento da busca, um indivíduo, de 31
anos, foi preso em flagrante na posse de mais de 40 Gb de arquivos com
imagens de abuso sexual, que foram apreendidos.
O preso foi conduzido à Superintendência de Polícia Federal para prestar
depoimento e responderá, pelos crimes de compartilhamento e
armazenamento de registro contendo pornografia de criança ou
adolescente. Se condenado, as penas podem chegar a 10 anos de reclusão.
* O nome Boogeyman (monstro da cultura inglesa) é um fantasma sombrio e amorfo, que se esconde em lugares
obscuros para assustar vítimas inocentes. Ele é mais um incômodo do que um perigo, e o seu poder é facilmente
neutralizado pelo brilho da luz.
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
[email protected] | www.pf.gov.br
(96) 3213-7500

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *