Acontece nesta quarta-feira, 15, no Auditório do Museu Sacaca, em Macapá, às 18h, o lançamento oficial do livro “Climatologia do Amapá – Quase um século de história”. Os autores são Jefferson Vilhena, Raullyan Borja e João Freitas, todos doutores e pesquisadores do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa).

O livro retrata, especificamente, a história da meteorologia no Amapá, desde o seu surgimento. De como era feita; o processo de instalação da estação meteorológica no distrito de Fazendinha, em Macapá, até os dias atuais, apresentando análises de quase um século de estudos climatológicos.

Os autores apresentam no livro, análises de dados a partir de 1967, como a descoberta de períodos de estiagens que ocorrem no Amapá a cada 22 ou 23 anos. Eles também abordam a variação de climas existentes no estado, chamados de microclimas da região e, ainda, desmistificam o que se diz sobre o Amapá ter seis meses de chuva e seis meses sem chuva.

O livro foi todo trabalhado com uma linguagem acadêmica e popular para que os estudantes dos ensinos fundamental e médio, possam apreciar a leitura e entender como a população depende do clima para sobrevivência na Amazônia.