Gilberto Gil anunciou hoje, 19, os indicados para 28ª Edição do Prêmio da Música Brasileira de 2017, e Patrícia Bastos concorre ao prêmio em duas categorias. Melhor Álbum, Patrícia disputa o álbum Batom Bacaba com Maria Betânia, e seu Abraçar a Agradecer, e Lenine, The Bridge. Melhor Cantora, Patrícia disputa com Zizi Possi e novamente Maria Betânia.

 

Batom Bacaba é o 6º disco de Patrícia Bastos e foi lançado em 2016, após projeto selecionado no edital Natura Musical de 2015. Produzido por Du Moreira e Dante Ozzetti, o álbum representa a cultura amazônica, com ritmos de batuque, marabaixo e cacicó, tem oito canções de artistas consagrados, como Joãzinho Gomes, Zeca Baleiro, Nilson Chaves, Paulinho Bastos, Luiz Tatit e Enrico Di Miceli. A obra foi lançada em São Paulo, Campinas e Macapá.

Patrícia Bastos canta desde a adolescência, quando iniciou a carreira musical. Entre os parceiros de palco, Lô Borges, Vitor Ramil, Nilson Chaves, Boca Livre, Lula Barbosa, Aluísio Laurindo Jr., Sebastião Tapajós, Dante Ozzetti, Natan Marques e Manoel Cordeiro. Em 2014, no 25° Prêmio da Música Brasileira, venceu nas categorias “Melhor Cantora Regional” e “Melhor Álbum Regional” por seu CD “Zulusa”, e foi indicada na categoria Revelação. Com o disco Zulusa, em 2013, a artista foi premiada com o Melhor Álbum Regional e Melhor Intérprete, e no Prêmio Embrulhador, venceu como o Melhor do Ano.

Nesta edição do Prêmio da MPB, Ney Matogrosso é o homenageado, e o resultado será divulgado no dia 19 de julho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Gilberto Gil tem a companhia de Maitê Proença e Zélia Duncan no palco.

Mariléia Maciel

Assessoria de Comunicação / Patrícia Bastos