*Helenildo. Professor de francês. Viajante. Viajado. Impulsionador do turismo. 

Quando quiser fazer uma viagem, defina uma data. Isso funciona pra tudo também. Reformar o banheiro, fazer um jardim, perder peso, ir àquele festival naquela cidade…
Um dia eu vou, o meu sonho é, quando eu for rico… ” Um dia ” pode não chegar gente.
Defina uma data, combina com a cunhada, o primo, colega, amigo. Vamos ver preços? De vôo, de hospedagem, de uma pizza. É assim que começa uma viagem.
A França é o meu segundo país, todos os anos tenho que ir tomar água lá 😏


Mesmo se for conhecer só Paris, um ano inteiro não será suficiente para ver tudo. Na capital francesa para onde se olha tem uma estátua, um castelo, uma ponte, um museu, um jardim. Claro que existem lugares emblemáticos que são parada obrigatória para o turista, mas a cidade luz tem muito mais do que a Tour Eiffel.
Eu gosto de sair pela manhã, pego o metrô que é facílimo de usar, desço na estação George V na Champs Elysées ( é a rua dos desfiles e comemorações) e de lá começo minha caminhada, paro, tomo um café na Brioche dorée, reservo um resto de pão pra jogar para os pombos, sento num banco da rua, respiro fundo, estou em Paris !
Antes , cada vez que eu ia , trazia uma miniatura da torre, eu já parei com isso, mas tenho mais que uma dúzia lá em casa.
Eu sempre compro o bilhete no mínimo seis meses antes, nem pense em comprar menos que isso, a não ser que você tenha bala na agulha.
Com jeitinho, todo mundo vai, eu vou.
Como eu compro pela Decolar, que além de dar várias opções de companhia aérea , também parcela às vezes até de 12X(hoje achei bilhete ida e volta de 3.600), eu já fui de Tam, Air France, Royal air Marrocos ( dormi em Casablanca com hotel por conta da companhia), kLM com escala em Amsterdã, Tap Portugal, e essa última vez em fevereiro pela Air Europa com escala em Madrid. Preço bom, serviço ótimo, mas todo mundo sabe que entrar na Europa pela Espanha é sempre uma caixa de surpresa, vá com reserva de hotel, seguro viagem e dinheiro em espécie, a polícia de fronteira tem o direito de lhe fazer perguntas e querer ver o dinheiro, não é sempre, mas melhor não bobear.
Procure no Booking um hotel, hostel ou moradia de temporada, são pequenos apartamentos com tudo dentro. Não é caro.
É fácil andar de metrô em Paris. Tudo é muito bem explicado e as vezes até desenhado.
Você não precisa ser fluente em francês, mas não custa nada aprender a dizer bonjour, merci, que são palavras para serem ditas sorrindo !
Coma um croissant
Macarron ( é um doce)
Pão de chocolate
Tortinha de maçã
Churros
Crepe
Tome um café
Um Chocolate quente
Um jus d’orange
Visite a Sacré cœur (uma catedral)
A torre obviamente
Museu do Louvre
Ponte Alexandre III
O Moulin rouge ou o Lido ( são os cabarés mais luxuosos, mas tem outros também famosos)
Catedral de notre dame
Museu de história natural
Fundação Louis Vuitton ( não se pronuncia o S de Louis)
Jardins de Luxemburgo


E um monte de lugares que se pode ir de graça, um monte !
Vá em Paris… todo mundo merece viver aquele espetáculo de cidade. Quando eu vou eu passo entre dez e quatorze dias, mais do que isso cansa.
Com comida e metrô e uma ocasional entrada num local, uma pessoa gasta em média 50/60 euros por dia, bom, normalmente eu vou em um bom restaurante uma vez só e taxi só em últimos casos.
Compras só se for uma caneta para aquela amiga que não pode ser esquecida, um chaveiro diferente, óculos ou algo que não vai me atrapalhar de carregar.
Roupas e perfumes se compra em Macapá, e sapatos se compra no país dos melhores sapatos do mundo : Brasil.
Eu vou encerrar aqui e deixá-los livres para pesquisar e fazer uma simulação agora mesmo da sua próxima viagem, pra França, voilà.