Novos Tempos?

Assembléia Legislativa aprovou por unanimidade requerimento do deputado Camilo Capiberibe que pede informações sobre pagamento de dívida de 7 milhões de reais, pagos pelo GEA à empresa Betral às vésperas da eleição 2006. A suposta dívida era de 1992, e vinha sendo questionada judicialmente pelo estado.

  • Quem não lembra aquelas Pesquisas Forjadas,as mocinhas distribuindo o Jornal do Dia nas esquinas.Tudo isso estava combinado para que o grupo de Waldez Góes, roubassem mais uma eleição.Ganhar em todos os Municípios,em todas as Urnas e com o mesmo percentual 53%,isso não existem em nenhum lugar do mundo.O resultado já era conhecido a bastante tempo ainda mais com o professor Sarney e dono do TRE,acuado pela Cristina Almeida.A pessoa especialista nessa armação,tem muito conhecimento sobre essas frágeis Urnas Eletrônicas.

  • Hum! hum!!!!!
    Então era isso, né ? Ideologia,né? Amizade, né? Parceria, né? harmonia, né? Governabilidade, né? Taaaaaaaaaaaaá.
    Muleke, que sempre desconfiou da dedicação dos caras.

  • Também tem o caso do pagamento da Sanecir, que, segundo os informantes, a dívida era inexistente e foi paga com a autorização do Jurandil Juarez, quando o mesmo era secretário de planejamento. O Dep. Camilo tem que investigar este caso.

  • É alcilene,a harmonia está chegando ao fim e com ela muitas mágoas.Assim,quem não pode denunciar,abre espaço para quem pode.Ainda vamos ter muitas denuncias para repassar a população,coisas que poucas pessoas tinham conhecimento,agora a população toda do amapá vai tomar conhecimento.

  • Já dizia o austero governador Ivanhoé Martins, que recusou em receber as contas do seu antecessor Luiz Mendes da Silva, porque havia uma diferença de 15 centavos:Quando o Amapá passar a Estado, a roubalheira fugirá ao controle e ninguem será punido.

  • Pagaram também o Paraiba(PREGEL) e o Odilon(CASA DAS CARNE).É bom a sociedade abrir um processo no Ministério Público para que o Sr.Governador devolva o dinheiro publico ao erário.

  • Em uma entrevista na Tv Amapá,o ex-procurador geral do estado Marcos Reategui,disse e a Luciana Melo confirmou que recebeu um ofício do governador,dizendo que era para a Prog. desistir de recorrer dos processos.A Prog era obrigada a recorrer,face ser uma cobrança que até o presente momento não havia transitado e julgado.É bom o Deputado Camilo,solicitar a presença do Ex-Procurador e da Drª Luciana Melo.Esse caso é tão grave que todos os crimes contra a administração pública,estão aí representados.

  • Temos que recuperar esse dinheiro,para tanto,temos que entrar com uma representação junto ao ministério público,caso não seja resolvido,temos que solicitar o Conselho Nacional do Ministério Público para afastar aqueles não querem investigar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *