Nota de Esclarecimento – Sesa

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vem por nota esclarecer que já tomou medidas necessárias para evitar que a greve dos trabalhadores de limpeza e conservação afete os serviços de assistência à saúde dentro do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL), inclusive a realização de cirurgias previamente agendadas.

Uma das primeiras medidas para evitar a descontinuidade nos serviços do HCAL foi providenciar o remanejamento de trabalhadores de outras unidades hospitalares para garantir a limpeza e higienização do hospital antes e após os procedimentos cirúrgicos.

A Sesa também esclarece que, mesmo com a greve, 30% destes trabalhadores continuam desempenhando suas funções normalmente. A Secretaria de Estado da Saúde esclarece que há débito com a empresa Amapá Serviço o equivalente a um mês e meio de salário referente aos meses de março e abril deste ano. O atraso de pagamento cobrado pelos trabalhadores é de responsabilidade da empresa e não da Sesa.

A Secretaria de Saúde antecipa que dentro de 60 dias deverá ser concluída a licitação para a contratação de uma empresa que assumirá este serviço por meio contratual.

  • Eu gostaria, sinceramente, de saber o que é prioridade para o governador Camilo.Senão vejamos, professores em greve ( educação prejudicada), assaltos, assassinatos, roubos ( (segurança deficiente no combate), saúde, conflitos com as classes, unidades de saude sem higiene, por greve dos contratados. A final, o que falta acontecer de pior para que os deputados tomem uma providencia.

  • Ohh gente p mentir. São dois meses de atraso com a Amapá Serviços, março e abril, e mais dois meses da Bernacom e Bravha, janeiro e fevereiro. Ao todo, são mais de 4 meses que a SESA não repassa valores as empresas de limpeza. A greve é justa pelos 4 meses de atraso. GOVERNO DA MENTIRA! Continuem a perseguir os mais pobres!!! Os professores ja não votam mais em vcs e agora os serventes, merendeiras e pessoal da limpeza. Ao todo devem ser uns 20 mil votos…. (comentário editado)

  • Então vocês nao pagam a empresa que presta serviços de limpeza para o Governo e quem mesmo é o culpado pela greve?

    Isso nao é uma nota de esclarecimento, mas uma certificado de incompetência ou uma piadinha pra desafiar a inteligência do cidadão.

    Aviso: as eleições estão chegando!

  • Não sei o que está há na SESA, e seria leviano fazer qualquer afirmação sem conhecer a fundo a questão, mas, os fatos por si só pesam contra quem administra a saúde neste Estado, pois, qualquer um pode constatar o que está acontecendo e eu, pessoalmente, tenho uma amiga que já teve uma cirurgia adiada três vezes, a última porque os médicos se recusaram a operar sem as mínimas condições de higiene. Há algo de muito errado na administração da saúde pública do amapaense. As seguidas trocas de secretários de saúde são prova material disso, ou, no mínimo, que ainda não encontraram um rumo certo pra seguir. Triste, muito triste mesmo. Mas, o pior mesmo vai ser ver a esperança que venceu o medo, se tornar o medo.

  • A PRIMEIRA MEDIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE DEVERIA SER A DE PAGAR ESSES TRABALHADORES …. Fazer nova licitação não resolve, se a gestão não repassa os valores devidos para pagar esses trabalhadores.

Deixe uma resposta para Mario Santos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *