• Um grande problema no assunto Licitação, é quem nem sempre as improbidades acontecem por vontade unica dos responsáveis pelo processo de licitar, na maioria das vezes estes servidores estão de mão atadas, os “superiores” quando enviam o processo para licitar ja chama os responsáveis e dizem quem deve ganhar, se dizem que não, que vai fazer o processo dentro da legalidade e da moralidade, é substituído na próxima semana por alguém que faça da forma que for orientado.
    Parabéns ao delegado Sávio ( também meu professor), é de pessoas comprometida com a coisa publica que esta Nação necessita.

  • Ah se o Delegado Sávio fosse aproveitado na Segurança Pública (que, aliás, é a sua área). Quem sabe poderíamos diminuir esse altíssimo índice de criminalidade? Não sei porque os políticos insistem em fazer o contrário do óbvio…afinal, não é só esse caso de especialista em um assunto estar ocupando pasta aom a qual não tem nada a ver. Acho que é por isso que a coisa tá caminhando assim….

    • Taí, Sávio Pinto para sec. de segurança, mas depois que ele defendeu a extinção do BOPE, só se for para segurança da bandidagem. Porém como ele não se prestaria a isso é melhor ser lotado na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, pois as ruas estão cheias do ladrões ou só serve na secretária?

  • Eita governozinho perdido esse, será que houve nenhuma reunião com a secretária e o adjunto antes de serem nomeados? Eles se conheceram no dia da posse? É o que dá pra se entender, nem bem começaram e divergiram…coisas de um governo despreparado pra administrar. Mas a culpa disso todo mundo sabe de quem é, tomara em 2014 erremos menos.

  • Para o Governador o grande fantasma, que tanto o atormenta e que é a causa de todas as dificuldades, é a saúde. Parace que é na saúde que estão os ladrões e, não nas ruas.
    Só desse jeito pra entender a nomeação de um delagado para sub secretario.
    Fico pensando, o que o Camilo fez no Canadá, um País que é referência em administração publica. Será que não deu pra aprender nada?

  • Não houve queda de braço. Se a primeira premissa é falsa, logo a segunda é inexistente. Quanto a minha participação em qualquer governo, ela depende das condições que me são oferecidas e efetivamente fornecidas e da minha aceitação. Respeitosamente,
    Del. Sávio Pinto

  • Gostaria apenas de fazer um parâmetro please: eu cresci vendo grandes instrumentistas na sala da minha casa, artistas, poetas feras como Sebastião Tapajós, Mont’ verne, Noé, Aymore Batista, Cordeiro Gomes, Alcir Araujo, Hernani Vitor Guedes, Isnard Lima, esses ícones viviam na casa do meu pai e eu além de ir comprar a cerveja ficava ouvindo, ouvindo e aprendendo aquelas canções extra-ordinárias da época, então eu cresci ouvindo chorinho, jazz e bossa nova, aprendi essas vertentes e através deste indicativo morei em grandes centros urbanos e fora do País em face de ter me especializado em Bossa Nova dos subsídios musicais dados pelo meu Pai…agora no olhar da política eu tenho uma grande admiração e respeito pelo Senador Capiberibe trabalhei com ele desde quando ele tinha um Bar chamado Pink Bar, ajudei o Capi a distribuir o livro que ele fez em homenagem ao naufrágio do novo Amapá, o Capi mano tem uma HISTÓRIA dedicada ao Brasil em especial ao Amapá…o CAPI é o político, agora que me perdoe o Governador Camilo Capiberibe me parece que ele nada aprendeu com seu honrado e grande Pai João Alberto Capiberibe, eu juro por deus nunca vi político brigar e maltratar eleitor, eu acho que com eleitor não se briga, se briga com os poderosos lá em cima em Brasília, agora jogar no esquecimento o ELEITOR? Enfim… A não ser que o Camilo esteja lançando um novo modo de Ciências Políticas no Amapá. Então fica o paralelo e se o Governador ouvir a voz rouca das ruas ele ainda pode consertar toda esta devastadora rejeição popular.abs.

  • O Del. Sávio fez a coisa certa.. Secretária Olinda foi nomeada para bajular na mídia o governador. Tenho certeza que, embora, não fosse da área direta, o Del. Sávio – que é bacharel em Direito faria um ótimo trabalho -se lhe dessem condições – o que não é o caso do governo PSB. Quem perde com a exoneração do Del.Sávio é a sociedade, porque, certamente ele iria botar ordem na SESA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *